serie a

Andrea Pirlo jogou no Internazionale, no AC Milan e na Juventus e para qualquer fã de futebol que se preze dispensa apresentações. Pirlo é um exemplo da beleza de uma liga que não ousa questionar a mais-valia dos mais experientes. No fim das contas ganhamos todos nós – confesso acreditar que apesar de ele ter 34 anos era capaz de o ver a jogar por mais dez anos e ficar deliciado cada vez que entrasse em campo. Quem observa Pirlo a jogar vê que se trata de um jogador que aparece uma vez de 50 em 50 anos. Abre uma linha de passe, recebe de cabeça sempre erguida, dá segurança ao seu meio-campo defensivo e é capaz de destruir a mais perfeita construção ofensiva – como que com régua e esquadro e a uma velocidade estonteante o Arquitecto descobre a falha e faz todo o edifício sucumbir perante o poder da sua mente.

Se há espaço para o debate sobre quem, entre Xavi e Pirlo, é o construtor de jogo mais eficaz, não há espaço, ou pelo menos não devia haver, para o debate sobre qual dos dois é o mais deslubrante. A capacidade de Pirlo em fazer passes de cortar a respiração torna-o demasiado bom para não encantar qualquer adepto e assombrar qualquer defesa. Se no capitulo do passe Pirlo é brilhante, não o é menos no capitulo das bolas paradas e dos remates de longa distância.

A capacidade dos dois maestros em números  Fonte: squawka.com
A capacidade dos dois maestros em números
Fonte: squawka.com

O italiano, que se deu a conhecer ao mundo no Brescia, é capaz de meter a bola onde quer e onde ninguém vai conseguir chegar, levantando estádios inteiros e levando à loucura dezenas de guarda-redes. No entanto, a magia de Andrea não se esgota por aí. O campeão mundial em 2006 é dotado de uma técnica ímpar, que, apesar de não usar tão frequentemente como os grandes dribladores do jogo, não o faz menos virtuoso na arte da finta. Uma vertente muitas vezes esquecida no jogo de Pirlo é a sua mestria em defender.Contudo as suas estatisticas da época passada são esclarecedoras: 32 intercepções e 39 desarmes. Num registo ainda mais esclarecedor: Pirlo fez 32 intercepções enquanto Bastian Schweinsteiger fez 14 e apenas completou menos 6 desarmes do que o alemão. Por fim três, citações de três grandes nomes no futebol acerca de Andrea Pirlo.

Paul Scholes: “Pirlo é o melhor construtor de jogo do mundo”.

Gerard Piqué: “Pirlo é pura classe.”

Michel Platini: “Pirlo é um farol, que ilumina tudo. Para mim é jogador de Ballon d’Or!”

Comentários