FONSECA VS. RONALDO NUM DUELO PORTUGUÊS AO MAIS ALTO NÍVEL

Depois de uma entrada no ano de 2020 com sortes diferentes, chega até nós um dos jogos grandes do futebol italiano, que opõe a AS Roma, treinada por Paulo Fonseca, à Juventus FC de Cristiano Ronaldo e companhia. O jogo no Olímpico da capital italiana é de importância fulcral para ambas as equipas:

– Para a AS Roma, porque vem de uma derrota algo surpreendente em casa frente ao Torino FC e tem, por isso, que dar uma resposta contundente perante os seus “tiffosi”;

– Para a Juventus FC, porque quer aproveitar a “embalagem” que ganhou depois da última goleada (4-0), num sempre difícil campo dos romanos, onde não triunfam desde 2014 (três derrotas e dois empates nos últimos cinco jogos lá realizados).

Anúncio Publicitário

Creio que a AS Roma tem uma excelente equipa, muito bem montada e que tem condições para conseguir vencer o “bicho papão” desta Serie A. No entanto, para o fazer, tem de ultrapassar, de alguma forma, as constantes oscilações de forma que tem de jogo para jogo. Nesta época tem ainda a pressão de fazer melhor que uma “super” SS Lazio – actualmente em terceiro lugar – e de não se deixar apanhar pela Atalanta BC, que se encontra na perseguição ao seu quarto posto.

PAULO FONSECA X CRISTIANO RONALDO. A JUVENTUS CHEGA À CAPITAL ITALIANA COM UMA ODD DE 2.15, VALENDO 21.50€ POR CADA 10€ APOSTADOS. É HORA DE ACREDITAR EM RONALDO E COMPANHIA!

Se é verdade que os da casa podem vencer, também é verdade que, num dia bom, a Juventus FC vence em qualquer estádio de Itália ou até mesmo da Europa, tal é a sua qualidade. É com isso que os adeptos da “Vechia Signora” estão a contar para se manterem na luta com o FC Inter de Milão pelo título, que a acontecer, será o seu nono “Scudetto” (!) seguido. O favoritismo recai um pouco para o lado dos “bianconeros”, com aliás se reflete nas odds disponibilizadas nas casas de apostas internacionais.

COMO JOGARÁ A AS ROMA?

O sistema preferido de Paulo Fonseca nesta AS Roma tem sido o 4-2-3-1. Com Edin Dzeko, um dos capitães de equipa, a ser a principal arma apontada à defesa “bianconera”, e uma linha de três jogadores (dois alas e um “10”) a apoiá-lo. As equipas treinadas pelo português gostam de ter bola em constante ataque posicional. Apesar de o adversário impor respeito, o timoneiro deverá manter a sua identidade, ainda que sempre salvaguardando a zona defensiva com mais cautelas que o costume.

JOGADOR A TER EM CONTA

Fonte: AS Roma

NICOLÒ ZANIOLO (AS ROMA) – Na sua época de afirmação, o jovem Zaniolo destaca-se como um dos principais jogadores desta AS Roma. Com 17 jogos e quatro golos apontados só na Serie A, é um jogador que atua quer pelo meio, quer pela ala. O seu 1,90m não o impede de usar e abusar da técnica – é tudo menos “tosco” – para desviar o adversário do caminho. Um avançado/extremo com golo, que já faz parte do presente do futebol italiano, de olhos postos no futuro.

XI PROVÁVEL

Pau López, Aleksandar Kolarov, Chris Smalling, Gianluca Mancini, Alessandro Florenzi, Amadou Diawara, Jordan Veretout, Justin Kluivert, Lorenzo Pellegrini, Nicolò Zaniolo, Edin Dzeko.

COMO JOGARÁ A JUVENTUS FC?

Para este jogo, Maurizio Sarri deverá repetir o mesmo esquema tático adotado no jogo anterior: 4-3-1-2, com quatros médios em campo e deixando as alas para os laterais subirem, visto serem muito ofensivos. Com isto, o técnico italiano procura ter um controlo mais eficaz da posse da bola, com um meio-campo constituído por um jogador mais jogador mais combativo (Matuidi), que recupera a bola, e três tecnicamente mais evoluídos e “cerebrais” (Ramsey, Rabiot e Pjanic), que a tratam com mais delicadeza. Na verdade, uma tática mais virada para um 4-1-2-1-2, se é que a podemos caraterizar assim.

JOGADOR A TER EM CONTA

Fonte: Juventus FC

CRISTIANO RONALDO (JUVENTUS FC) – A pouco mais de um mês de fazer 35 anos, “CR7” está aí para as curvas. Após ter conseguido o primeiro hat-trick da carreira na Serie A frente ao Cagliari FC, na primeira jornada do ano, está lançado para bater todos os recordes que lhe faltam. A juntar a isso, tem a motivação de voltar a ser campeão italiano pela “Juve” e voltar a triunfar na Liga dos Campeões. Já quase tudo foi dito sobre este craque que está na história do futebol e, no domingo, pelas 19h45, está regresso a um campo onde já foi feliz, ao serviço do Real Madrid FC: eliminou a AS Roma numa das caminhadas “merengues” para o título europeu.

XI PROVÁVEL

Wojciech Szczęsny, Alex Sandro, Matthijs de Ligt, Leonardo Bonucci, Juan Cuadrado, Blaise Matuidi, Miralem Pjanić, Adrien Rabiot, Aaron Ramsey, Paulo Dybala e Cristiano Ronaldo.

Foto de Capa: Juventus FC

 

 

Comentários