Anterior1 de 3Próximo

Foi em casa, no Olímpico de Roma, que os laziale conquistaram novamente a Taça de Itália, troféu que lhe escapava desde 2012/2013. A Lázio até está a cumprir uma época dececionante, está fora dos lugares europeus e via com bons olhos um apuramento europeu via Taça de Itália, nesta que era a sua terceira final em 6 anos. Já a Atalanta está a cumprir uma época bastante positiva, em posição de Champions e com várias vitórias sobre equipas de topo. As duas equipas haviam-se enfrentado há 10 dias, neste mesmo palco, num jogo que a Atalanta venceu com relativa facilidade por 1-3.

As duas equipas apostaram em esquemas táticos semelhantes, com 3 centrais e dois alas bem abertos. No entanto, a Atalanta privilegiava mais uma saída de bola em posse e com qualidade, enquanto que a Lazio era asfixiada pelo pressing do adversário e obrigada a jogar longo.

A primeira parte foi muito atada e parca em ocasiões. O único momento de grande perigo aconteceu aos 25 minutos, quando de Roon atirou à barra e, na sequência, numa série de ressaltos a bola poderia ter entrado. Inzaghi não estava satisfeito com a exibição do central Bastos e substituiu-o logo no primeiro tempo, ele que já estava amarelado.

A segunda parte foi mais disputada, com muitas disputas e algumas picardias. No entanto, as oportunidades continuavam a escassear. A turma de Gasperini foi a que esteve mais perto, com Papu Goméz a atirar ao poste aos 77 minutos.

Será que a Juventus FC regressa às vitórias frente ao finalista vencido da Taça?

Nos últimos minutos, surgiu uma super eficaz Lázio, que bastou para arrecadar o troféu. Aos 81, na sequência de um canto, o recém-entrado Milinkovic-Savic apareceu ao primeiro poste e cabeceou para o fundo das redes. Estava dada uma machadada num jogo muito atado e a vitória pendia bastante para os laziale. Pouco tempo depois, Correa poderia ter sentenciado, mas permitiu a defesa do guardião contrário. Aos 89’, o mesmo Correa lançado em velocidade contornou o guarda-redes e fez o 2-0 final.

Milinković-Savić desbloqueou o jogo
Fonte: Lazio

A Lázio conquistou a 7ª Taça de Itália numa época sofrível, ao passo que a Atalanta, apesar de praticar um futebol muito atraente, não foi feliz. O golo de Savic, de bola parada, sem que nada o fizesse prever, decidiu um jogo equilibrado e que justificava prolongamento.

ONZES INICIAIS E SUBSTITUIÇÕES:

Atalanta BC: Gollini, Palomino, Djimsiti, Masiello, Castagne (Meijers 85’), de Roon (Pasalic 84’), Freuler, Hateboer, Papu Goméz, Ilicic e Zapata (Barrow 84’).

SS Lázio: Strakosha, Luiz Felipe, Acerbi, Bastos (Radu 35’), Marusic, Parolo, Lucas Leiva, Luis Alberto (Milinkovic-Savic 79’), Lulic, Correa e Immobile (Caicedo 66’).

Anterior1 de 3Próximo

Comentários