A CRÓNICA: PRAGMATISMO VENCE O CORAÇÃO

Uma viagem difícil para o AC Milan que sabia que não podia perder pontos com o risco de perder o seu segundo lugar, mas também o Atalanta BC queria vencer em casa e subir na classificação.

Anúncio Publicitário

Ainda nem os adeptos se tinham sentado para ver o jogo e logo no primeiro minuto Calabria mete o AC Milan na vantagem numa jogada rápida. Depois do golo sofrido a Atalanta BC começava a querer mudar o resultado tendo somado algumas oportunidades que se iam dividindo com os contra ataques perigosos do AC Milan, mas valia a Maignan a manutenção da vantagem tendo parado duas grandes oportunidades a Zapata.

Já a caminho do intervalo Tonali pressiona e recupera a bola a Freuler ficando com o caminho aberto para a baliza e aumentando a vantagem. O AC Milan chegava ao intervalo com a vantagem de dois golos em Bergamo e a equipa da casa podia queixar-se de si mesma por erros individuais, pois a nível ofensivo iam conseguindo criar oportunidades.

A Atalanta BC entrou na segunda parte a querer ter mais bola e assumir o jogo. Para tal efectuou logo alterações que traziam um maior pendor ofensivo e colocava toda a artilharia no ataque. Algo que ia dando resultados a nível de posse e cruzamentos, mas sem que causassem perigo real a Maignan. Nesse sentido até ia sendo o AC Milan a ir criando oportunidades, algo que concretizam quando Rafael Leão retirou qualquer dúvidas sobre o resultado rematando forte e colocado no fundo das redes.

A Atalanta BC acabou por ainda ter um penalti a seu favor que Zapata utilizou para reduzir a desvantagem e no ultimo minuto Pasalic também marca após assistência de Zapata, mas não havia já tempo para fazer a reviravolta. A equipa de Bergamo perde um jogo pelo qual muito lutou, chegando a colocar o coração à frente do pensamento, mas que nada serviu, pois o pragmatismo do AC Milan atingiu a equipa de uma maneira estrondosa e os erros individuais nada ajudaram.

 

A FIGURA

Sandro Tonali – Para além do golo, foi um elemento importantíssimo nos momentos defensivos, trazendo sempre segurança. A jogada do seu golo foi a imagem do seu jogo de recuperação, uma pressão alta e forte recuperando a bola e levando-a para o ataque, sem medo de encarar.

 

O FORA DE JOGO

Remo Freuler- O seu erro no segundo golo do AC Milan manchou toda aquela que podia ser a sua exibição. Complicou onde não podia e numa altura tão junta do intervalo que tirou um grande ânimo à equipa de Bergamo. Um jogador como Freuler não podia ter perdido a bola no momento de construção e logo sem ter nenhum elemento defensivo atrás que lhe assegurasse que a bola poderia ser recuperada, dando o golo à equipa adversaria num momento em que a sua equipa procurava a igualdade.

 

ANÁLISE TÁTICA – ATALANTA BC

Com um 3-4-3 já habitual, Gasperini manteve a sua defesa com três defesas centrais e com Zappacosta e Maehle nas laterais, este ultimo substituindo o lesionado Gosens. Na frente manteve Zapata com o apoio de Malinovsky e Pessina.

O Atalanta BC optou por uma saída a jogar através de passes aos primeiro toque, pedindo muitas vezes aos centrais para saírem com bola e deixando as costas soltas.

11 INICAL E PONTUAÇÕES

Musso (6)

Palomino (6)

Demiral (6)

Djimsiti (6)

Zappacosta (5)

De Roon (5)

Freuler (4)

Maehle (6)

Pessina (6)

Malinovskyi (7)

Zapata (7)

SUBS UTILIZADOS

Pezzella (6)

Koopmeiners (6)

Muriel (5)

Ilicic (6)

Pasalic (7)

 

ANÁLISE TÁTICA – AC MILAN

Com um 4-2-3-1 em que Rebic assumiu a posição mais ofensiva, Pioli apostou num ataque rápido com Leão e Saelmaekers nos apoios ofensivos, quase a jogarem colados no ataque. Nota também para o regresso do experiente Kjaer à defesa.

A dupla de Kessie e Tonali traziam uma segurança no “miolo” do campo, sendo que muitas vezes eram encarregues de transportar a bola, tendo em Brahim Díaz um apoio mais tecnicista para a construção.

Tanto Hernández como Calabria apareceram muito em espaços ofensivos, tendo o primeiro chegado a pisar terrenos mais interiores.

11 INICAL E PONTUAÇÕES

Maignan (7)

Calabria (7)

Kjaer (7)

Tomori (6)

Theo Hernández (7)

Kessie (6)

Tonali (8)

Saelemaekers (6)

Brahim Díaz (6)

Rafael Leão (7)

Rebic (6)

SUBS UTILIZADOS

Messias (5)

Bennacer (6)

Ballo Toure (6)

Pellegri (-)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comente!
Por favor introduz o teu nome