Anterior1 de 5Próximo

Atualização do mercado da La Liga: Griezmann na Catalunha, Atleti insaciável e incógnita Neymar

Griezmann trocou o Atlético de Madrid pelo rival Barcelona por 120 milhões de euros
Fonte: FC Barcelona

Mais uma semana de mercado de transferências, e a loucura dos milhões continua em Espanha. O Atlético de Madrid permanece com o estatuto de rei do mercado e o Sevilla FC de Lopetegui vai, também, movimentando-se de forma muito ativa.

Após várias semanas de especulação, Antoine Griezmann assinou pelo FC Barcelona. Naquela que é, para já, a segunda maior transferência do defeso, os catalães pagaram 120 milhões de euros ao Atlético para contar com os serviços do francês.

Aos colchoneros, juntaram-se mais dois reforços que aumentam o tamanho de uma lista que vai extensa: Ivan Šaponjić deixou o Benfica B por 500 mil euros para rumar a Madrid; a capital espanhola recebeu também Lodi, lateral brasileiro contratado ao Atlético Paranaense por 20 milhões. Já Álvaro Morata, que estava emprestado pelo Chelsea desde janeiro à formação de Simeone, assinou em definitivo pelo Atleti.

Em Sevilha, o ex-FC Porto Fernando Reges vai ser orientado por Julen Lopetegui; o brasileiro reforçou os sevilhanos por 4,5 milhões de euros. Quem também deve ser oficializado esta segunda-feira pelos hispalenses é Óliver Torres, que ao que tudo indica está de saída dos azuis-e-brancos por um valor a rondar os 12 milhões.

No Mestalla, houve também alterações no Valencia CF de Gonçalo Guedes: Maxi Gómez, ponta-de-lança uruguaio do Celta de Vigo, é reforço por 14,5 milhões de euros; em sentido inverso, Santi Mina deixa o clube valenciano a custo zero e regressa a Vigo, onde fez a sua formação; já Cheryshev assinou em definitivo pelo emblema che.

A família Zidane teve também uma semana atribulada. O técnico francês, que perdeu no sábado o irmão, viu os dois filhos mais velhos mudarem de ares: Enzo Zidane, que estava emprestado pelo FC Lausanne-Sport ao CF Rayo Majadahonda da terceira liga espanhola, ruma ao Desportivo das Aves de Augusto Inácio; Luca Zidane, que era treinado pelo pai no Real Madrid CF, vai jogar no Racing Santander.

No que toca a jogadores portugueses, Domingos Duarte foi o único representante da semana em Espanha, ao trocar o Sporting CP pelo Granada CF por três milhões de euros.

O mercado de nuestros hermanos, contudo, está longe de ter dias mortos. Em Madrid, fala-se de uma possível saída de Diego Costa para o Flamengo de Jorge Jesus, e da eventual chegada de James Rodríguez para fazer parelha com João Félix no apoio ao ataque. Na Catalunha, a situação de Neymar parece não avançar e começa-se a duvidar do regresso do brasileiro a Camp Nou. Outros nomes que ainda não trocaram de camisola como é expectável são os de Lo Celso, Ceballos, Lucas Vázquez e Ousmane Dembélé, que têm como principais interessados os “Big 6” da Premier League. De Inglaterra, tarda também a chegada de notícias sobre a transferência de Pogba para o Real Madrid.

Artigo redigido por João Fernandes

Anterior1 de 5Próximo

Comentários