Anterior1 de 5Próximo

A pergunta que ano após ano é colocada em Itália: Quem conseguirá quebrar a enorme hegemonia da Juventus FC na serie A? Para já não há resposta para essa questão.

Voltemos atrás no tempo. Calciocaos! Um dos maiores escândalos que há memória no panorama do futebol, um escândalo que envolveu os principais clubes de Itália apanhados num esquema de manipulação de resultados. As consequências foram devastadoras, sendo a Juventus a principal condenada, perdendo 2 títulos e descendo também de divisão. Anos negros para a Vecchia Signora que perdeu muitas das suas estrelas que obviamente não queriam jogar na serie B. Ainda assim nomes como Alessandro Del Piero, Chiellini, Nedved e Gigi Buffon não abandonaram a sua dama e permaneceram na equipa ajudando à sua recuperação.

Porém a recuperação viria a ser difícil, o domínio do Inter que tinha ganho a Champions com Mourinho era avassalador e a ausência de vitórias em competições e as várias trocas de treinadores não deram a estabilidade necessária para o clube regressar ao tão desejado scudetto.

A viragem de rumo aconteceria na temporada 2011-2012 quando a Juventus decide contratar um homem que como jogador deu muito ao clube. Seria Antonio Conte a grande aposta dos responsáveis bianconeri e com ele viria também uma grande reformulação do plantel e até no modelo de jogo. Conte viria a conquistar 3 campeonatos antes de rumar a terras de sua majestade e orientar o Chelsea.

Para o seu lugar a Juventus iria buscar Massimiliano Allegri acabado de sair do AC Milan, para continuar com a carreira vitoriosa do seu antecessor. E o que Allegri conseguiu foi juntar ao tri-campeonato mais 5 campeonatos e 4 taças de Itália.

Fonte: Juventus
Anúncio Publicitário

Com esta sucessão de conquistas a Vecchia Signora mostrava a Itália e ao mundo que estava forte e que tinha ultrapassado da melhor maneira o drama da descida à Serie B.

Se no plano nacional a Juventus estava em plena força, já a não se podia dizer o mesmo a nível internacional.

Em 2013-2014 com Conte a Juventus cairia nas meias finais da Liga Europa contra o Benfica no ano em que a final dessa competição seria no seu estádio, no novo Juventus Arena.

Já com Allegri a história não foi muito diferente e a final da champions em 2014-2015 ,  foi o ponto alto que o técnico italiano conseguiu lograr nos seus 5 anos à frente da equipa bianconeri, pese embora os vários investimentos no plantel.

Ficou claro para os responsáveis da Juventus que a equipa que já conquistara tudo a nível nacional, teria que começar a apostar mais a sério na Liga dos Campeões, e a contratação de Ronaldo para além do impacto que iria ter a todos os níveis, era também uma confirmação clara de quais seriam os objectivos  daí para a frente na maior prova de clubes do mundo.

Fonte: Juventus FC

Esta época com a vinda de Maurizio Sarri para orientar  o clube, adivinha-se uma  investida forte da Juventus no mercado de transferências com o central holandês Mathijs de Ligt a encabeçar a lista preferencial dos bianconeri.

Contextualizando que estão estes anos de vitórias da Juventus, volto à pergunta que me fez escrever este texto, quem irá quebrar a hegemonia à Vecchia Signora?

Olhando para o panorama actual vejo 3 potenciais candidatos que podem nos próximos anos fazer isso acontecer.

Anterior1 de 5Próximo

Comentários