Em Manchester perdeu a característica que o distinguia dos outros, e em Milão voltou a conquistar o faro pelo golo. Lukaku é um dos nomes que surpreende na Serie A, ajudando o Inter a perseguir o Scudetto. A mudança não podia ter corrido melhor, e até recordes de lendas do clube milanês bateu. O goleador voltou, e chegou para ficar.

Esta segunda-feira, os dois tentos frente ao Napoli tornaram o futebolista belga no máximo goleador (14 golos) em 18 jogos da Serie A para o Inter, quebrando o recorde anterior de Christian Vieri. Aos poucos, a confiança do avançado voltou, depois de uma passagem para esquecer em Old Trafford.

Começou no clube mais titulado da Bélgica, o Anderlecht, e desde cedo chamou a atenção pelo porte físico. Aos 18 anos, o ainda jovem transferiu-se para o Chelsea e já era visto como a revelação do futebol inglês. No entanto, a política do clube londrino obrigou Romelu a ser emprestado, passando pelo West Brom e o Everton, onde começou a brilhar na Premier League.

Roberto Martinez percebeu o diamante que lhe caiu em mãos, e o treinador espanhol lapidou o que viria a ser um dos goleadores mais pretendidos em todo o mundo. Depois de 2016/2017, época em que ficou no pódio de melhores marcadores da primeira liga inglesa, começou a luta pelos serviços do belga, que terminou com a vitória do Manchester United. Os cerca de 85 milhões de euros depositaram demasiada esperança numa boa estadia nos red devils.

Lautaro Martinez e Lukaku são a dupla do momento no futebol internacional
Fonte: Internazionale Milano
Anúncio Publicitário

O sistema parecia favorecer Lukaku. José Mourinho montava uma linha de cinco médios a trabalhar para o ponta de lança, mas falta de talento e o projeto do clube da cidade de Manchester nunca deram a chance para o belga de ser uma máquina de golos pelos campos ingleses. Depois do treinador português, chegou Solskaer e nada mudou. Apesar de alguns jogos com brilho, nunca chegou ao nível de épocas passadas.

O tormento acabou quando surgiu a oportunidade de rumar à cidade da moda, Milão. A equipa do Inter prometia, e Romelu Lukaku teve a sorte de encontrar um colega que queria tanto o golo como ele. O argentino Lautaro Martinez tornou a adaptação a um novo campeonato mais fácil, e os frutos são notórios. Até ao momento, já são 16 golos em meio ano na equipa de Antonio Conte.

O 3-5-2 cai como uma luva nos goleadores, e o primeiro lugar do Inter (igualdade pontual com a Juventus) não caiu do céu. Já era tempo do gigante italiano voltar às bocas do mundo, e a contratação do belga do avançado de 26 anos foi um golpe certeiro para começar um novo rumo na sua ainda curta carreira.

Foto de Capa: Football Club Internazionale Milano

Comentários