Uma das agradáveis surpresas da fase de grupos da última edição da Liga dos Campeões, o Besiktas atravessa crise de resultados na atual temporada.

Num plantel pontuado por nomes como, primeiro, os internacionais portugueses Pepe e Ricardo Quaresma, o lateral brasileiro Adriano, o central croata Vida, o internacional chileno Gary Medel, o sérvio Adam Ljajic ou Ryan Babel, os atuais números não são nada animadores: na Liga turca, a equipa de Senol Günes ocupa a sexta posição, a seis pontos do líder Istambul Basaksehir, contra quem perderam na última jornada. Já a nível europeu, os turcos estão no último lugar do grupo I…

Na época passada, o Besiktas até terminou a temporada no 4º lugar do campeonato, o que fez com que ficassem com o último lugar de acesso à Europa, começando 2018/19 na 2ª pré-eliminatória da Liga Europa, diante do B36, das Ilhas Faroé, depois LASK Linz, da Áustria (3ª pré-eliminatória), e, por fim, Partizan, no playoff decisivo.

Em duelos com equipas da primeira metade da tabela classificativa, a equipa parece ter claudicado, casos das três derrotas no campeonato, frente a Antalyaspor (casa), Goztepe (fora) e Basaksehir (fora).

Formação orientada por Senol Günes procura reencontrar-se no meio da crise
Fonte: Besiktas

Pior cenário é o da campanha na fase de grupos da Liga Europa, pois nesta altura está mesmo no último lugar do grupo I, atrás de Genk, Sarpsborg 08 e Malmö, respetivamente, sendo a pior defesa do agrupamento, com oito golos sofridos em apenas quatro jogos. Veja-se o exemplo dos dois últimos jogos frente ao Genk: em casa, a equipa encaixou quatro golos e viu-se derrotada por 4-2. Na Bélgica, começaram a ganhar e acabaram por empatar…Ainda assim, está tudo em aberto e a equipa tem reais possibilidades de se apurar para os 16 avos de final.

A instabilidade é facilmente reconhecível sobre as quatro linhas nesta equipa ‘comandada’ pelo ídolo Ricardo Quaresma. Ainda que conte com experientes jogadores na sua equipa, o Besiktas parece ter dificuldades em se organizar. Senol Günes precisa de fazer os seus pupilos reencontrarem-se.

Foto de capa: Beşiktaş Jimnastik Kulübü

Artigo revisto por: Jorge Neves

Comentários