Anterior1 de 11Próximo

Os mercados de transferências têm sido uma loucura esta década. Rapidamente nos habituamos a jogadores a serem contratados por três dígitos e a clausulas de rescisão elevadíssimas. Comparando com trocas de outros tempos podemos considerar que o preço a pagar pelos serviços de alguns atletas está inflacionado e descontrolado, mas esta é a realidade, onde poucas carteiras parecem ter espaço. Nesta espécie de top vão estar aqueles que foram os jogadores mais caros desta década por ano.

Algumas surpresas, algumas loucuras e algumas asneiras. Além disso, descobre ainda os lusos que mais custaram aos cofres dos clubes que os acolheram durante estes anos.

Anterior1 de 11Próximo

Comentários