2.

Zlatan Ibrahimovic – No mercado de transferências de 2009-10, o fantasmagórico Zlatan Ibrahimovic assinou pelo FC Barcelona concretizando a terceira contratação mais cara da história à altura.

Os catalães pagaram ao Inter de Milão €69,5 milhões pelo sueco, valor que apenas ficava à sombra dos €77,5 milhões pagos por Zinedine Zidane em 2001 e €94 milhões por Cristiano Ronaldo, nessa mesma temporada.

Ibrahimovic jogou 46 partidas pelos culés, durante os quais venceu a La Liga, apontou 22 golos e fez 12 assistências.

Anúncio Publicitário

No seu livro, Zlatan explicou que Pep Guardiola o “estava a utilizar da maneira errada” e que “não devia ter sido contratado se queriam um jogador com características diferentes”.

O super sueco e o técnico catalão apenas trabalharam juntos nesta temporada, que não é particularmente uma de boa memória para nenhum dos dois.

1
2
3
4
5
6
Artigo anteriorAntevisão Portugal-Espanha: Dérbi Ibérico prepara Liga das Nações
Próximo artigoAnálise final da A Volta a Portugal Edição Especial
O Diogo é licenciado em Jornalismo pela Universidade Católica. Também tirou o curso de árbitro na Associação de Futebol de Lisboa. Tinha 8 anos quando começou a perceber a emoção que o desporto movia. No espaço de quinze dias, observou a família a chorar de alegria o golo do Miguel Garcia em Alkmaar, a tristeza da derrota em Alvalade contra o CSKA o ensurdecedor apoio dos adeptos do Liverpool enquanto perdiam a final da Liga dos Campeões por 3-0. Hoje, e cada vez mais apaixonado por futebol, continua a desenhar o seu percurso para tentar devolver a esta indústria tudo o que dela já recebeu.                                                                                                                                                 O Diogo escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.