34 anos depois, os adeptos do PAOK FC voltaram a festejar nas ruas da cidade de Salónica. O PAOK sagrou-se campeão grego no passado fim de semana. Com uma vitória categórica no Estádio Toumba, por 5-0 frente ao PAE APO Levadiakos, os gregos conquistam o tão desejado título que lhes foge há muito. A equipa dos portugueses Sérgio Oliveira e Vieirinha (o capitão) teve uma prestação exemplar e sobretudo eximia no capítulo interno. Com apenas uma jornada para disputar e ainda sem derrotas, o PAOK pode estar perto de fazer história e vencer o campeonato de forma invencível. Com um registo incrível de 20 vitórias, quatro empates e sem nenhuma derrota, os gregos de Salónica estiveram avassaladores durante toda a temporada.

O mais curioso ainda é ver que o clube é campeão, depois de no ano passado ter estado envolvido num escândalo extra-futebol.  Outro dado importante é o facto do PAOK dar continuidade ao fim da hegemonia do Olympiacos FC. Na temporada passada, o AEK Atenas voltou a ser campeão e quebrou um ciclo de sete anos consecutivos do Olympiacos a vencer o campeonato. Este ano, foi a vez do PAOK, que continuou esse registo e conquistou o seu terceiro título de campeão grego.

Vieirinha entrou lesionado no final do jogo para ser aplaudido e erguer o troféu de campeões.
Fonte: PAOK FC

Depois de ter conquistado o título grego, o PAOK pode agora vencer mais um troféu na presente temporada. Ao eliminar o Asteras Tripolis na meia final, o clube de Salónica vai agora disputar a final da Taça da Grécia frente ao AEK Atenas. Vai ser claramente um jogo a não perder, que coloca frente a frente os dois últimos campeões gregos. Do lado do PAOK, Vieirinha não vai estar disponível, uma vez que está lesionado. No entanto, isso não o impede de entrar no campo para erguer o troféu, caso a sua equipa vença a partida. Foi isto que aconteceu no jogo que deu o título do campeonato ao PAOK. Vieirinha entrou nos minutos finais para receber uma grande ovação e erguer o troféu de campeão.

Pode ser uma época de sonho para o PAOK, se juntar ao campeonato a taça nacional. No entanto, já está a ser uma época fantástica para o clube que tem devolvido aos seus adeptos o prazer e a alegria de ir ao estádio festejar os êxitos e as conquistas. Foram precisos 34 anos para se festejar novamente títulos em Salónica.

Foto de capa: PAOK FC

Artigo revisto por: Jorge Neves

Comentários