Hoje olhamos para a América Central, mais propriamente para o campeonato mexicano. E perguntam “porquê?”. A resposta é simples: temos um treinador português a fazer belas coisas por lá. Ou melhor, fez história muito recentemente. Pedro Caixinha é o seu nome e foi o primeiro treinador estrangeiro a vencer um título no México. O português que orienta o Cruz Azul FC, da Ciudad de México, conquistou a Taça do México Apertura ao bater o CF Monterrey na final da competição.

O técnico, natural de Beja, está a fazer um excelente trabalho no Cruz Azul. Não só venceu a Taça, como também colocou Los Cementeros no primeiro lugar da tabela, que dá acesso ao play-off da Apertura. Apesar de faltar uma jornada para o fim da fase regular, o Cruz Azul está bem colocado, tem mais três pontos do que o segundo classificado, o CF América, e não deve deixar o topo do campeonato mexicano. Parece que o México é mesmo a “zona de conforto” de Caixinha, visto que o português já conquistou quatro títulos na América Central (uma Taça Apertura, uma Liga MX Clausura, um Troféu Campéon de Campeones, ao serviço do Santos Laguna, e uma Taça Apertura com o Cruz Azul). O português também alcançou a final da maior competição de clubes do continente, a Liga dos Campeões da CONCACAF, em 2012 com o Santos Laguna.

O Cruz Azul conquistou a Taça do México Apertura com Pedro Caixinha no comando técnico.
Fonte: Cruz Azul


A carreira do treinador tem sido marcada pelo grau de exigência dos desafios que “abraça”. Recordar que Pedro Caixinha já esteve no Qatar, na Escócia e no México, depois de iniciar a carreira como treinador profissional de futebol em Portugal, no União de Leiria, em 2010. Com 48 anos, Pedro está perto de vencer pela segunda vez o título mexicano (sendo que o primeiro foi Clausura) e de consolidar o estatuto do Cruz Azul, que pode vencer o nono título e confirmar o seu lugar entre os quatros melhores clube do futebol mexicano.

Para quem não está a entender Apertura e Clausura, a primeira liga mexicana é dividida em dois campeonatos. O primeiro, denominado Apertura, realiza-se entre julho e dezembro, sendo que o segundo, Clausura, se disputa entre janeiro e junho. Posto isto, o técnico português já venceu títulos nos dois períodos, quer ao serviço do Santos Laguna, quer agora com o Cruz Azul.

Anúncio Publicitário

Prova do belo trabalho desenvolvido por Pedro Caixinha no México são as especulações, que afirmam que o técnico português pode ser o próximo comandante da seleção mexicana. Uma coisa é certa: Pedro Caixinha já conquistou algumas coisas no México, por dois clubes diferentes, e pode muito bem chegar mais longe, daí lhe atribuirmos o estatuto de “conquistador”.

Foto de capa: Cruz Azul FC

Comentários