A posição “9” é das posições mais valorizadas do futebol e das mais difíceis de encontrar bons executantes. Hoje em dia, um “9” é muito mais que um matador, sempre enquadrado com a baliza e que finaliza em um, dois toques. No atual contexto do futebol, num enquadramento de elite, o “9” é um típico “10” que joga mais adiantado, aliando a capacidade de finalização com a capacidade de passe e visão de jogo. Esta posição exige um jogador muito mais cerebral do que no passado.

Robert Lewandowski, Kun Aguero, Karim Benzema ou Roberto Firmino representam o protótipo de ponta de lança de uma equipa de elite de hoje em dia. Para mim, no entanto, o melhor “9” que já vi em ação tem dois nomes, 1.95 centímetros, e um cadastro de golos e momentos para a história do futebol difícil de igualar: Zlatan Ibrahimovic.

Com 38 anos, o internacional sueco de descendência bósnia, ainda não entrou em fase descendente na carreira e promete continuar a “partir a loiça” por onde passa. Com uma gestão cuidada da carreira a nível físico e mental, com os avanços tecnológicos e na medicina, as carreiras vão cada vez mais prolongar-se para lá dos 40 anos e jogadores de top mundial, como Zlatan ou Cristiano Ronaldo vão perdurar por mais alguns anos nos relvados.

Zlatan é dos jogadores mais impressionantes que pisaram um campo de futebol. Aliando uma técnica invejável, quer em termos de qualidade na receção, passe e finalização, a uma visão de jogo e capacidade atlética fora do comum, o sueco tem-se imposto em todos os lugares por onde passa, sendo sem dúvida um dos melhores jogadores da história do futebol. Formado no Malmo FF, Zlatan fez carreira no AFC Ajax, Juventus FC, FC Inter de Milão, FC Barcelona, AC Milan, Paris SG e Manchester United FC, estando há duas épocas na MLS, onde representa os LA Galaxy, pelos quais já faturou por 53 vezes em 58 jogos. A nível oficial já são 536 golos na carreira e, agora em final de contrato, especula-se por onde passa o futuro do atleta representado por Mino Raiola.

Depois de Ronaldo “O Fenómeno”, Zlatan foi o “9” mais impressionante das últimas décadas
Fonte: LA Galaxy

Zlatan já demonstrou abertura para voltar à Serie A, sendo que a imprensa aponta para um regresso ao FC Inter de Milão ou ao AC Milan, ou um ingresso no SSC Napoli como prováveis destinos. Nas três equipas, Zlatan encaixaria e jogaria com muita regularidade. Um eventual regresso a esta liga, seria bombástico e iria continuar a subir o nível da Serie A, que pretende voltar a ser a melhor liga do mundo.

A imprensa também já apontou os australianos do Perth Glory como hipótese (se Zlatan tem o registo que tem na MLS, se vai para a Liga da Austrália, então aí poderá atingir números ainda mais assustadores) e o  CR Flamengo (o clube em si, já tem um dos maiores registos do mundo, se junta Zlatan à equação…).

A continuidade nos LA Galaxy também é uma forte hipótese. Infelizmente, derivado ao estigma da idade que continua a existir (o mindset ainda não mudou nos principais clubes do mundo – não faz sentido, clubes que nem são vendedores, se preocuparem com a idade, pois deviam olhar apenas e só para o rendimento, e se fosse por esse critério, Zlatan teria todas as portas abertas), vai ser difícil ver o sueco de regresso às Big Five, no entanto, a esperança é a última a morrer e que bom era, ver um dos melhores da história, novamente com regularidade.

Foto de Capa: LA Galaxy

Artigo revisto por Joana Mendes

Comentários