Cabeçalho Futebol Internacional

A FIGURA

Fonte: UEFA
Fonte: UEFA

Wes Hoolahan – Deu muito à equipa do ponto de vista defensivo, condicionando a fase de construção sueca desde a raiz, mesmo jogando no apoio aos dois avançados da equipa. Na primeira parte a sua acção foi mesmo fundamental nesse aspecto, vulgarizando o poderio ofensivo dos nórdicos através da pressão feita a Lewicki e Kallstrom que, por estarem tapados, limitavam as opções dos centrais (e Lindelof fá-lo bem) para construir jogo.

Na segunda parte, entrou cheio de vontade e assinou o primeiro golo do encontro, num bom pontapé, beneficiando da acção dos avançados, que arrastaram marcações. Depois disto, jogou ao lado de Long, mas não foi tão impermeável, acusando o esforço. Terá saído esgotado