ATÉ ONDE PODE IR A SELEÇÃO

É imprevisível. Pelo histórico que apresentei no início desta Revista é impossível de prever a prestação de França neste Europeu. Pelos jogadores que ficaram de fora, acho que Deschamps poderia ter um sector defensivo muito mais forte, assim como o sector ofensivo.

Uma seleção com tamanho potencial poderá sonhar com a conquista do torneio "caseiro" Fonte: Mirror.co.uk
Uma seleção com tamanho potencial poderá sonhar com a conquista do torneio “caseiro”
Fonte: Mirror.co.uk

Joga em casa e por isso é uma das favoritas. Se tudo lhes correr a favor diria que as meias-finais será o mínimo que qualquer francês espera dos representantes do seu país.

Foto de Capa: Le Figaro

1
2
3
4
5
6
Artigo anteriorRevista do Euro’2016: Alemanha
Próximo artigoO problema do cálculo mental
O Tomás é sócio do Benfica desde os dois meses. Amante do desporto rei, o seu passatempo favorito é passar os domingos a beber imperial e a comer tremoços com o rabo enterrado no sofá enquanto vê Premier League.                                                                                                                                                 O Tomás escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.