Euro 2020, Quartos de Final: sexta-feira, 17h00, 2 de julho de 2021
ANTEVISÃO: SURPREENDENTE SUIÇA ESPERA MAIS UMA BATALHA COMPLICADA

A GazProm Arena, em São Petersburgo, na Rússia, será palco daquele que será o primeiro jogo dos Quartos-de-Final. Frente a frente estarão Suíça e Espanha. A primeira uma verdadeira surpresa, pela forma como chegou e pelo adversário que eliminou na ronda anterior. O terceiro lugar na fase de grupos não fazia prever o que se seguiu. Como se costuma dizer, “fez das tripas coração” e levou de vencida a campeã mundial em título, França, na cobrança de grandes penalidades. Os helvéticos demonstraram algumas fragilidades do ponto de vista defensivo, mas revelaram-se uns autênticos guerreiros que não dão nenhum jogo por perdido.

DUAS SELEÇÕES QUE PROTAGONIZARAM ESPETÁCULO NA RONDA ANTERIOR DEFRONTAM-SE AGORA. ESPANHA OU SUÍÇA: QUEM VAI PASSAR? APOSTA NO TEU PALPITE EM BET.PT!

Do outro lado, a Espanha. Um europeu de altos e baixos que parece estar a encontrar a sua melhor fase nesta reta final. Depois de começar a desiludir, com apenas dois pontos conquistados nos dois primeiros jogos, somou dez golos nos últimos dois jogos. A forma como acabaram por eliminar a Croácia já no prolongamento foi reveladora da capacidade ofensiva que esta equipa consegue ter. Longe dos tempos áureos, a Espanha mantém-se como uma séria candidata de entre aqueles que ainda continuam em competição.

 

Anúncio Publicitário
10 DADOS RÁPIDOS
  1. Espanha está imbatível nos últimos 14 jogos a contar para Europeus;
  2. A Suíça teve jogos abaixo de 2,5 golos nos últimos quatro jogos contra a Espanha em todas as competições;
  3. Por outro lado, houve mais de 2,5 golos marcados nos últimos três jogos da Suíça;
  4. Dos 22 jogos entre as duas seleções, a Suíça só venceu uma vez, a Espanha por 16 e registaram-se ainda cinco empates;
  5. A Suíça sofreu golos em todos os jogos deste Europeu;
  6. A Espanha ainda não perdeu neste Europeu;
  7. A Suíça sofreu golos nos últimos quatro jogos frente à Espanha;
  8. Ambas as equipas marcaram em cinco dos últimos sete jogos;
  9. Vladimir Petković e Luis Henrique apenas se defrontaram uma vez, tendo havido vitória espanhola;
  10. A média de idades da Suíça é de 26,9 enquanto a da Espanha é de 26,6.

 

 JOGADORES A TER EM CONTA

Dani Olmo (Espanha) – Do lado espanhol muitas poderiam ser as opções a lançar, mas a verdade é que só se pode escolher um. E mais uma vez o meu sentido de escolher um underdog, volta a sobrepor-se. Desta feita, Dani Olmo. Ninguém lhe pode negar qualidade e as suas entradas em campo têm sido verdadeiramente monstruosas. Dignas das épocas que tem realizado nos últimos anos. Um jogador magistral com uma qualidade acima da média. Visão de jogo e técnica para dar e vender. A ter em conta nos próximos jogos. Destacar ainda os nomes de Pablo Sarabia e Ferran Torres.

Mario Gavranović – A escolha óbvia (ou talvez não) seria Haris Seferović, pelo Europeu que tem vindo a fazer e essencialmente pelo último jogo. Mas a verdade é que outro homem despontou, com alguma surpresa, como elemento chave nas partidas da seleção suíca: Mario Gavranović. Não é expectável que comece a partida de início, mas tem sido peça fundamental nas escolhas de Vladimir Petković quando a intenção é “abanar o jogo”. E a partir daí tem criado bastantes oportunidades de perigo. Contra o País de Gales na jornada inaugural esteve muito bem e só o VAR lhe tirou a glória. Conta a França foi mesmo herói e relançou a esperança helvética de continuar em prova.

 

XI´S PROVÁVEIS

Suíça: Sommer; Elvedi, Akanji, Rodríguez; Widmer, Freuler, Zakaria, Zuber; Shaqiri; Embolo, Seferović;

Treinador: Vladimir Petković

“O próximo jogo é sempre o mais importante. Queremos passar à próxima fase, mesmo enfrentando um dos favoritos, a Espanha. Temos que mostrar a nossa vontade em campo e estou confiante de que os jogadores o farão. Sentiremos muita falta de um jogador como o Xhaka, mas o que quero ver contra a Espanha é que todos dêem um pouco mais, não apenas para suprir a sua ausência, mas também para vencer a Espanha”.

Espanha: Unai Simón; Azpilicueta, Eric García, Laporte, Alba; Koke, Busquets, Pedri; Sarabia, Morata, Ferran Torres;

Treinador: Luís Henrique

“Vai ser um jogo muito complicado, contra uma seleção que é das melhores a defender em bloco, pela forma como pressionam. É verdade que para os adeptos não tem muitos nomes sonantes, mas vai ser muito complicado”.

 

PREVISÃO DO RESULTADO: SUÍÇA 1-2 ESPANHA

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comente!
Por favor introduz o teu nome