Anterior3 de 3Próximo

A FORA DE JOGO

Fonte: KNVB

Danielle Van De Donk – Se nos outros jogos havia justificado o número 10 que traz nas costas, hoje ficou bastante aquém. Habituada a jogar pelo meio, talvez o facto de ter aparecido mais pela esquerda a tenha prejudicado, mas uma jogadora deste calibre tem que assumir-se quando a equipa mais precisa, e hoje não o conseguiu. Longe daquilo que já se viu fazer, tanto na seleção como no Arsenal.

 

Foto de Capa: US Soccer

 

 

 

 

 

Anterior3 de 3Próximo

Comentários