Grupo A

Fonte: CONMEBOL

No Grupo A temos o anfitrião Brasil, a Bolívia, o Peru e a Venezuela. A seleção canarinho joga em casa e sob pressão. Favorito a conquista do título, o Brasil tentará apagar a frustração da Copa do Mundo na Rússia ganhando o maior título continental. Claro que não tem sequer 10% do significado de vencer um Mundial, mas é o que tem no momento para disputar. O corte do Neymar, por lesão, pode ser benéfica para a seleção e acalmar mais o balneário. Tite já não é unanimidade entre os torcedores e um novo tropeço pode lhe custar o cargo, apesar da direção da CBF ter afirmado que o técnico fica até o final da Copa de 2022.

Time Base: Alisson; Daniel Alves, Marquinhos, Miranda, Filipe Luís; Casemiro, Arthur, Coutinho; Richarlison (Firmino), Willian e Gabriel Jesus.

A Bolívia chega ao Brasil com o objetivo de surpreender os adversários, por mais improvável que seja. Considerada a pior seleção da competição, a La Verde conta no seu ataque com o experiente atacante Marcelo Moreno. Moreno é velho conhecido do torcedor brasileiro. O atleta foi revelado pelo Vitória e também atuou por Cruzeiro e Grêmio. O futebol boliviano é conhecido por ter bons resultados na Bolívia e ruins fora. Porém, para encerrar essa escrita será necessário a seleção mostrar um outro futebol.

Time Base: Lampe; D. Bejarano, Haquin, Jusino, M. Bejarano; Chumacero, Justiniano, Galindo, Saavedra; Castro e Moreno.

A Seleção Peruana está empolgada com a disputa da Copa América. Após disputar a Copa do Mundo da Rússia, o Peru entra como a segunda força do Grupo A. Para chegar às quartas de final, a seleção terá que contar com os gols do maior ídolo da história do país. O atacante Paolo Guerrero é o artilheiro máximo do Peru e vive uma grande fase no Internacional. A Blanquirroja é bem treinada e armada pelo técnico Ricardo Gareca e deve dar trabalho.

Time Base: Gallese; Advíncula, Araújo, Abram, Trauco; Tapia, Gonzáles, Carrillo, Cueva, Flores; Guerrero.

A Venezuela vem crescendo a cada ano no futebol. Dona de uma das melhores seleções de base do mundo, a seleção foi vice-campeã mundial sub-20 em 2017, La Vinotinto conta com um elenco entusiasmado para fazer história. O grande objetivo da seleção é conseguir classificar-se pela primeira vez para a Copa do Mundo, é a única seleção do continente que não conseguiu tal feito, e tem a Copa América como um grande teste e desafio.

Time Base: Fariñez; Hernández, Osorio, Villanueva, Rosales; Moreno, Herrera, Murillo, Machís, Rincón; Rondón.

Comentários