Grupo C

Em 2015, o Chile conquistou a sua primeira Copa América da história
Fonte: CONMEBOL

O Grupo C é formado por Uruguai, Equador, Japão e Chile.

A Celeste Olímpica é a maior vencedora da competição com 15 títulos. O treinador Oscar Tabarez está no comando técnico desde 2006 e é o treinador com o trabalho mais longínquo entre todos que comandam as seleções sul-americanas. Com uma defesa sólida e um ataque perigoso, o Uruguai promete fazer uma grande campanha.

Time Base: Muslera; Caceres, Godín, Giménez, Saracchi; Vecino, Torreira, Nández, Valverde; Suarez e Cavani.

O Equador disputará a Copa América com a intenção de fazer com que a seleção se fortaleça, tanto na questão tática quanto no entrosamento, para a disputa das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022. Pensando nisso, o treinador Hernán Gómez prezou na sua convocação por mesclar jogadores experientes com jovens atletas. O meia Valencia, do Manchester United, ainda é o maior nome da La Tri.

Anúncio Publicitário

Time Base: Dominguez; Quinteros, Achilier, Caicedo, Velasco; Intriago, Orejuela, Valencia, Ibarra, Chicaiza; Garcés.

O Japão entra na Copa América como convidado. A seleção vice campeã asiática participará pela segunda vez da competição. A primeira foi em 1999, no Paraguai, e os samurais foram eliminados na primeira fase. A seleção japonesa tem como principal característica a velocidade e tem no atacante Takumi Minamino, 24, do Red Bull Salzburg a esperança de gols.

Time Base: Schmidt; Tomiyasu, Shoji, Hatanaka; Sakai, Shibasaki, Morita, Nagatomo; Minamino, Kagawa e Nakajima.

O Chile é o atual bi-campeão da Copa América. Apesar das conquistas nem tudo é tranquilidade pelas bandas chilenas. A não classificação ao Mundial da Rússia deixou feridas abertas no futebol chileno. O treinador colombiano Reinaldo Rueda, que assumiu o clube em janeiro de 2018, não é unanimidade entre os torcedores. Entretanto, o Chile conta com ótimos jogadores entre os convocados. Entre eles estão o goleiro Claudio Bravo, o meia Arturo Vidal e o atacante Alexis Sanchez.

Time Base: Bravo; Isla, Medel, Maripán, Beausejour; Aránguiz, Pavez, Fuenzalida, Vidal, Vargas; Sanchez.

Foto de Capa: CONMEBOL