Anterior1 de 3Próximo

Não foi desta que Lionel Messi e companhia alcançaram a primeira vitória na Copa América deste ano. Em mais um encontro muito pouco conseguido por parte dos argentinos, a formação de Lionel Scaloni não foi além de um empate por 1-1 com o Paraguai.

A Albiceleste até começou melhor a partida, mas notava-se alguma ansiedade nos argentinos em fazer chegar a bola a Messi. Já os paraguaios iam correndo atrás do esférico e eram obrigados a ser mais impetuosos na abordagem aos lances.

Os minutos passavam, com o perigo longe de ambas balizas, até que a primeira oportunidade de golo surgiu à meia hora de jogo: contra-ataque rápido da Albirroja e Derlis González atirou uns centímetros ao lado do poste esquerdo de Armani.

O aviso paraguaio estava dado e a confirmação acabou mesmo por chegar, aos 37 minutos: Almirón meteu a sexta no corredor esquerdo e assistiu Richard Sánchez, que fez o 1-0 para o Paraguai. A Argentina ia para o intervalo em desvantagem no Mineirão.

Em Belo Horizonte, o Paraguai ia para o intervalo a vencer a Argentina por 1-0
Fonte: Asociación Paraguaya de Fútbol (APF)

No início do segundo tempo, Scaloni decidiu colocar Kun Agüero em campo e a alteração acabou por surtir efeito. Aos 52 minutos, o avançado do Manchester City FC viu bem Lautaro Martínez e El Toro atirou à barra; após a consulta das imagens do VAR, o árbitro entendeu que o remate é desviado pela mão de Piris e apontou para a marca de grande penalidade; dos 11 metros, Messi não facilitou e reestabeleceu a igualdade.

Cinco minutos após assinalar penálti na área paraguaia, Wilton Sampaio não deixou a entrada de Otamendi sobre Derlis González passar em branco do lado contrário. No frente-a-frente com o extremo do Santos FC, Armani adivinhou o lado escolhido pelo paraguaio e efetuou uma grande defesa.

Até ao apito final, o futebol apresentado ficou muito aquém das expectativas e o resultado manteve-se inalterado. Para seguir até aos quartos-de-final da competição, a Argentina precisa agora de uma vitória frente ao Qatar no último jogo do Grupo B, e ainda que o Paraguai não vença a Colômbia.

ONZES INICIAIS E SUBSTITUIÇÕES:

Argentina: Armani, Casco, Pezzella, Otamendi, Tagliafico; Pereyra (Agüero, 45’), Lo Celso, Paredes, de Paul (Suárez, 87’); Messi, Martínez (Di María, 67’).

Paraguai: Fernández, Piris, Gómez, Alonso, Arzamendia; Sánchez, R. Rojas, González (Escobar, 90’), M. Rojas, Almirón (Ortiz, 87’); Santander (Romero, 72’).

Anterior1 de 3Próximo

Comentários