Anterior1 de 3Próximo

É o adeus de Lionel Messi à Copa América! O Brasil venceu a Argentina por 2-0 num jogo em que o conjunto de Scaloni até foi superior à seleção canarinha. Os avançados da Premier League Gabriel Jesus e Roberto Firmino fizeram os golos da partida, mas o grande destaque vai para Dani Alves, que encheu o campo de classe.

A expectativa era enorme e logo nos primeiros minutos do encontro percebeu-se que esta não ia sair defraudada. Com uma entrada agressiva em campo, as duas equipas mostravam vontade de chegar cedo ao golo.

Da meia distância, Paredes tentou a sua sorte aos 12 minutos, mas o esférico saiu uns centímetros por cima da barra. Era o primeiro aviso dos argentinos no desafio.

Numa luta intensa a meio campo, com os jogadores das duas seleções a disputar cada lance como se do último se tratasse, surgiu o primeiro da partida, aos 19 minutos: Dani Alves explicou que a idade é só um número a Acuña e Paredes, colocou na direita em Firmino e o avançado do Liverpool FC só teve de assistir Gabriel Jesus para o 1-0 do Brasil.

À meia hora de jogo, no seguimento de um livre de Leo Messi, Kun Agüero esteve perto de fazer o empate, mas a bola foi ao ferro. A Argentina ia para o intervalo em desvantagem e com Messi a realizar a sua melhor exibição nesta edição da Copa América.

Firmino deu nas vistas, com uma assistência (19’) e um golo (71’)
Fonte: AFA

O camisola ‘10’ da Albiceleste estava em dia “sim” e no decorrer da segunda parte, em duas ocasiões, por pouco não marcou: aos 57 minutos, disparou na direção do poste esquerdo brasileiro; nove minutos depois, na cobrança de mais um livre, viu Alisson segurar a vantagem com tranquilidade.

Quando se esperava um golo argentino no Mineirão, numa altura em que Messi e companhia controlavam o rumo dos acontecimentos, a seleção brasileira chegou ao 2-0: Gabriel Jesus, com um excelente trabalho individual (e alguma sorte à mistura) retribuiu a gentileza do primeiro tempo e assistiu Firmino para o 2-0. 71 minutos decorridos e já não havia grande coisa a fazer pelos argentinos.

É a sétima derrota da seleção argentina nos últimos 13 jogos frente ao “escrete”, que continua sem sofrer golos nesta Copa América. Os canarinhos ficam agora à espera de conhecer o adversário da final do próximo domingo, que sairá da meia-final entre o Chile e o Peru.

ONZES INICIAIS E SUBSTITUIÇÕES:

Brasil: Alisson, Alves, Marquinhos (Miranda, 64’), Silva, Alex Sandro; Casemiro, Arthur, Coutinho; Everton (Willian, 46’), Jesus (Allan, 80’), Firmino.

Argentina: Armani, Foyth, Pezzella, Otamendi, Tagliafico (Dybala, 86’); Paredes, de Paul (Lo Celso, 67’), Acuña (Di María, 59’), Messi; Martínez, Agüero.

Anterior1 de 3Próximo

Comentários