A FIGURA

Fonte: AUF – Selección Uruguaya de Fútbol

Edinson Cavani – Não só pelo golo decisivo que marcou, mas também pelo que trabalhou defensivamente na ajuda a Bentacur e Valverde. O seu jogo foi beneficiado com as substituições realizadas. Hoje não foi um 9 como costuma ser no PSG. Também não foi um número 10. Pode-se dizer que foi um 9,5 de excelência, de grande classe. É pena que esteja num clube destinado ao fracasso na europa. Merecia mais e melhor. Ainda vai a tempo de sonhar com outros voos.

Comentários