Já são conhecidos os 23 escolhidos por Fernando Santos para representar Portugal na Liga das Nações. Uma lista previsível e que não foge àquilo a que estamos habituados.

Uma lista que alia a experiência à juventude, e que pode trazer irreverência ao modelo atual de jogo da seleção. Dos 23 convocados o meu destaque recai sobre as a estreia de João Félix, Rúben Neves e Diogo Jota em fases finais de competições. Três jovens que estiveram em destaque nas suas equipas ao longo da época e que podem ser uma surpresa nestes dois jogos.

Outro dos destaques é a convocação de Dyego Sousa, do SC Braga, pela segunda vez. Uma escolha muito dúbia e que não gera consenso entre todos os adeptos, sobretudo depois do apagão do avançado nesta fase final do campeonato.

Fonte: FPF

Guarda-redes: Rui Patrício, Beto e José Sá

Dois pesos pesados e uma estreia. A convocação de Rui Patrício e Beto era quase um dado certo por parte de todos, sendo que a dúvida residia em quem seria o escolhido para terceiro guarda-redes. Em cima da mesa estavam nomes como Cláudio Ramos, Tiago Sá e José Sá. A escolha acabou por recair sobre o jogador do Olympiacos.

Defesas: Pepe, José Fonte, Rúben Dias, João Cancelo, Nelson Semedo, Mário Rui e Raphael Guerreiro

No eixo central não houve grandes surpresas, tanto Pepe como José Fonte e Rúben Dias fizeram boas épocas nos seus clubes. Porém, dado que esta era uma competição com apenas dois jogos não era surpresa nenhuma se só houvesse dois centrais convocados.

No que diz respeito aos laterais, é talvez o setor onde residiam mais dúvidas. Muitas opções para apenas quatro vagas. A maior dúvida era se Ricardo Pereira ia ser ou não convocado. O lateral foi considerado o melhor jogador do Leicester esta época, e a sua não convocação é a maior injustiça da convocatória.

Médios: Bruno Fernandes, Danilo Pereira, William Carvalho, Pizzi, Rúben Neves e João Moutinho

O setor intermédio é também um setor com muita qualidade na seleção nacional. Os convocados foram os jogadores que foram mais regulares esta época e difícil vai ser a escolha de quem irá ser titular. Talvez Danilo Pereira, João Moutinho e Bruno Fernandes sejam os escolhidos, contudo Fernando Santos pode apostar naqueles que se conhecem melhor e aí as escolhas talvez sejam outras…

Avançados: Bernardo Silva, Cristiano Ronaldo, Diogo Jota, Dyego Sousa, João Félix, Gonçalo Guedes e Rafa Silva

No setor avançado a surpresa recaiu na convocação dos jovens João Félix e Diogo Jota. Duas surpresas ao longo da época e que realizaram uma excelente temporada pelas suas equipas. Dos restantes jogadores Bernardo Silva é aquele em que recaem mais expetativas após a brilhante época ao serviço do Manchester City. Porém é sobre Cristiano Ronaldo que irão estar todos os olhares.

Para além dos jogadores que referi ao longo do texto, houve outros jogadores bem conhecidos do público e que ficaram de fora como João Mário, Gelson Martins, André Silva ou Ricardo Quaresma, caras bem conhecidas da nossa seleção mas que não atravessam os melhores momentos das suas carreiras.

Foto de Capa: FPF

Comentários