cab seleçao nacional portugal

Às 17 horas do dia 16 de Junho, o país vai parar para assistir ao 1.º jogo da seleção das quinas diante da poderosa Alemanha. Hoje realizou-se o derradeiro teste antes desse mesmo encontro e Portugal venceu por 5-1.

O jogo de hoje foi muito importante para Portugal porque fez com que os portugueses ficassem mais descansados relativamente à condição física de 3 jogadores habitualmente titulares: Cristiano Ronaldo, Pepe e Raúl Meireles.

Portugal entrou muito bem na partida e aos 3 minutos Hugo Almeida inaugurou o marcador. Rúben Amorim faz uma bela recuperação de bola, entrega na direita a Varela que faz um cruzamento teleguiado para a cabeça de Hugo Almeida que, com alguma facilidade face à passividade defensiva da Irlanda, marca. Grande começo de Portugal!

Aos 18 minutos, Cristiano Ronaldo marca um belíssimo livre em que acerta em cheio no poste e, passados 2 minutos, faz um passe de calcanhar para o cruzamento de Fábio Coentrão que culmina num autogolo irlandês. Ronaldo a mostrar que está bem fisicamente e preparado para ajudar a equipa a tentar vencer a Alemanha. Perto do intervalo (36 minutos) Hugo Almeida volta a marcar, com Varela a fazer a sua 2ª assistência. Hugo Almeida a mostrar que está preparado para lutar por um lugar na frente de ataque no Mundial. A 1ª parte termina e fica na retina uma boa atitude, uma boa organização e uma grande intrusão entre todos os jogadores.

Hugo Almeida brilhou com 2 golos Fonte: zimbio.com
Hugo Almeida brilhou com 2 golos
Fonte: zimbio.com

No segundo tempo, a República da Irlanda entrou mais agressiva e organizada. Ao minuto 51 surpreendeu a defesa nacional, marcando um bom golo de oportunidade. Aos 64 minutos Paulo Bento mexeu na equipa, tirando Cristiano Ronaldo, Neto, Raúl Meireles e Hugo Almeida para dar lugar a Nani, Pepe, André Almeida e Hélder Postiga. Estas substituições foram importantes para gerir a condição física dos jogadores e para dar mais alguns minutos a outros jogadores.

Aos 72 minutos sai Varela para dar lugar a Vieirinha. Passados 5 minutos, Vieirinha marca o seu 1º golo com a camisola das quinas, a passe de Nani. À passagem do minuto 82, Fábio Coentrão marca e fecha o resultado em 5-1. Mais uma assistência de Nani, confirmando a boa entrada do mesmo, e excelente finalização do lateral do Real Madrid. A partida termina e Portugal goleia por 5-1.

Este resultado é muito importante porque motiva os jogadores, porque foi sem dúvida alguma a melhor exibição de todos os amigáveis e porque Portugal apresentou uma atitude excelente.

De realçar – os 2 golos oportunos de Hugo Almeida; o bom regresso de Cristiano Ronaldo, que quase marcou; a boa exibição de Rúben Amorim, que como é habitual, fez um jogo muito competente; as 2 assistências de Varela, mostrando que é uma alternativa viável aos extremos habitualmente titulares; os regressos de Pepe e Raúl Meireles, que estiveram bem fisicamente; o 1º golo com a camisola nacional de Vieirinha e, por fim, a grande entrada no jogo de Nani, respondendo da melhor forma às críticas sobre a sua má forma (bom domínio de bola, arrancadas velozes e 2 assistências para golo).

Rui Patrício e a dupla de centrais foram competentes, embora não tenham tido muito trabalho. William Carvalho e João Moutinho estiveram um pouco tímidos e apagados. Foi uma vitória muito importante para Portugal e os portugueses podem finalmente respirar de alívio relativamente à sua grande estrela, Cristiano Ronaldo.

A Figura:

Hugo Almeida pelos dois golos que marcou à matador, que demonstraram estar pronto para o Mundial.

O Fora-de-Jogo:

William Carvalho registou uma pobre e tímida exibição e não foi claramente o jogador que nos tem habituado.

Comentários