E Portugal conquistou a Liga das Nações. E os portugueses festejaram, muitos dos quais saíram mesmo à rua para uns minutos de festa. E merecemos, sem dúvida!

E os adeptos nacionais? Mereceram esta conquista? O Patriotismo do povo nacional? Onde esteve ele afinal? Nos cânticos de vitória após os 90 minutos? E antes disso? Quão apoiada foi a nossa selecção pelos demais ‘adeptos de futebol’ que amam a sua selecção? Quantos sentem a sua selecção como a ‘selecção de todos nós’? Afinal, os portugueses gostam assim tanto da sua selecção, ou gostam mesmo mesmo é de ver a sua selecção brilhar com os jogadores dos seus amados clubes? Na minha modesta opinião os portugueses, na sua maioria, sofrem mesmo é de clubite nacional.

Portugal venceu um troféu europeu no passado Domingo, mas sejamos sinceros: se não temos ganho o jogo, o que teria sido dito por muitos daqueles que fizeram a já referida festa? Acredito, pelo que li e vou lendo por essas redes sociais fora, que seria mais ou menos assim:

  • Os Benfiquistas diriam que a culpa era de Fernando Santos, por não ter convocado e colocado o Ferro em vez do Pepe, o Pizzi na ala direita, o Rafa que deveria ter jogado a titular na ala esquerda e o João Félix que mesmo tendo estado infeliz no primeiro jogo, tinha tudo para mostrar a classe que tem.
  • Os Portistas iam dizer que a culpa havia sido da falta que o patrão Pepe fez, que o Ricardo Pereira é que devia ser o titular da selecção e não o Semedo, que o André Silva é o melhor companheiro para o Ronaldo e não aquele menino que não joga nada, e por fim que o Quaresma faz muita falta e deveria sempre jogar como titular.
  • Os Sportinguistas afirmariam que a culpa era do Fernando Santos porque não colocou o Bruno Fernandes na posição onde ele rende mais. Que o Nani em super forma deveria ser o colega da frente do Ronaldo, pois não há melhor há já muitos anos. Que o Cedric é muito melhor que qualquer outro defesa lateral e que é uma vergonha o João Mário não ter sido chamado.
Amamos realmente Portugal ou somente os jogadores do nosso clube que jogam na selecção?
Fonte: FPF

Alguém se reviu nestas possíveis opiniões? Tenho a certeza que sim, ou, pelo menos, já ouviram isto em qualquer lado. Porque este país é assim: apesar dos títulos, não deixamos de olhar para a camisola dos jogadores que está por baixo da camisola das quinas. Os jogadores ‘do nosso clube’ são sempre mais injustiçados, são quase sempre os melhores e os que deveriam jogar. Até aí ainda entendo. Não entendo é esta vontade de deitar abaixo tudo o que não é do nosso clube, assim que algo não corre bem.

Para os (muitos) adeptos (ridículos) do nosso futebol, deixo aqui os onzes do vosso contentamento. Estarei errado?

O onze benfiquista: Rui Patrício; Semedo, Ferro, Rúben Dias, Guerreiro; William ou Danilo tanto faz, Pizzi, Rafa e Bernardo; João Félix e Ronaldo,

O onze portista: Rui Patrício; Ricardo Pereira, Pepe, José Fonte e Guerreiro; Danilo, Rúben Neves, Quaresma, Bernardo, Ronaldo e André Silva.

O onze sportinguista: Rui Patrício; Cedric, Pepe, José Fonte e Guerreiro; William, João Mário, Bruno Fernandes e Bernardo, Nani e Ronaldo.

 

Foto de Capa: Diogo Cardoso/Bola na Rede

Comentários