O FORA DE JOGO

Fonte: FIFA

Tempo de jogo perdido – Só em “VAR Check”, como é designado, foram perdidos, à vontade, uns 12/13 minutos de tempo útil. A isto, acrescem as escaramuças, o tempo que demoravam para bater qualquer livre que envolvesse perigo, as conversas do árbitro com os jogadores para que todos de acalmassem… Enfim, foram seis minutos em cada parte de compensação, mas até esses quase não foram jogados. Bem sei que esse é um problema do futebol a nível planetário, mas creio que hoje foi exagero. Acrescento ainda que não foi uma arbitragem bem conseguida de Nestor Pitana, que por qualquer “toquezinho”, parava o jogo.

Foto de Capa: Clube Regatas Flamengo

Artigo revisto por Inês Vieira Brandão.