Eugene que é Stanford

Um meeting de estrelas
Fonte: London 2017

O meeting Prefontaine Classic continua com a designação de meeting de Eugene, apesar deste ano ser em…Stanford, que dista a 900km de Eugene! O mítico Hayward Field está a ser remodelado para receber os Mundiais de 2021 e por isso este ano não receberá a etapa norte-americana da Liga Diamante.

O elenco, esse é, como habitual, de luxo. Até é difícil de identificar os principais atrativos de um meeting que todo ele parece um mini-Mundial, mas certamente que o regresso às pistas de Faith Kipyegon (nos 1.500, onde é campeã olímpica e mundial) e Almaz Ayana (nos 3.000 – ela que é a campeã olímpica, mundial e recordista mundial dos 10.000) estão entre eles. Apesar das atletas estarem a regressar de longos períodos de ausência, a organização não as irá poupar.

Kipyegon até estará numa prova que não é evento Diamond League, mas não parece nada, com a presença de Laura Muir ou Shelby Houlihan. Já Ayana enfrentará, nos 3.000, Genzebe Dibaba (a campeã mundial indoor da distância), Sifan Hassan (medalhada de prata mundial indoor nesta distância) e Hellen Obiri (a campeã mundial dos 5.000)! Nos 800 existe também o atrativo de vermos o regresso de Caster Semenya, depois de um tribunal suíço ter suspenso (pelo menos, temporariamente) a nova regulação da IAAF.

Também no masculino, a meia e longa distância apresentam os melhores do mundo. Fazendo uso das distâncias norte-americanas, teremos uma prova de 1 Milha e uma de 2 Milhas. Na Milha, o campeão olímpico dos 1.500, Matthew Centrowitz regressa, mas terá que bater nomes como Yomif Kejelcha, Elijah Manangoi, Timothy Cheruiyot, Samuel Tefera ou Jakob Ingebrigtsen (ufff!). Já no dobro da distância, Selemon Barega, Hagos Gebrhiwet, Joshua Cheptegei, Jacob Kiplimo e Paul Chelimo dominarão as atenções.

Anúncio Publicitário

Nas distâncias mais curtas, teremos uma prova de 100 metros, no feminino, com 9 atletas com melhores pessoais abaixo dos 11 segundos, incluindo Sha’Carri Richardson (a sensação norte-americana de 19 anos que correu em 10.75 há duas semanas, que se estreia aqui como profissional), Shelly-Ann Fraser-Pryce ou a campeã mundial Tori Bowie. No masculino, os norte-americanos dominam todas as atenções com os dois primeiros classificados dos Mundiais de Londres, Justin Gatlin e Christian Coleman a serem os destaques. Nos 200 há uma prova feminina que terá Elaine Thompson, Dina Asher-Smith, Dafne Schippers e…Salwa Eid Naser (sim, nos 200!) e os 400 masculinos terão um interessante embate entre Michael Norman e Fred Kerley. Com barreiras, a luta será entre Rai Benjamin e Kyron McMaster nos 400 e entre Omar McLeod e Sergey Shubenkov na distância mais curta.

Destacar ainda nos concursos o Salto em Altura no feminino que terá Mariya Lasitskene à procura de algo mais (e algo mais para ela é…o recorde mundial) depois de já ter passado os 2.06 metros este ano. Enfrentará Yuliya Levchenko ou Vashti Cunningham, mas isso não deverá ser problema para a russa. Por último, é incontornável falarmos do Salto com Vara masculino, que terá a presença de Mondo Duplantis, Sam Kendricks, Renaud Lavillenie (de regresso, sim!), Thiago Braz da Silva e Piotr Lisek!

O meeting será já neste domingo, com início às 21 horas e transmissão em direto para Portugal na SportTv 2.

Foto de Capa: FPA