Antevisão da época 2019/20: Northwest Division

    UTAH JAZZ

    Fonte logos: NBA
    Design: Bola na Rede

    Classificação provável: 7.º lugar

    Classificação 2018/19: 5.º lugar (eliminação na 1ª ronda dos playoffs)

    Objetivo da temporada: Chegar às finais de conferência

    Aquisição sonante: Mike Conley

    Estrela: Donovan Mitchell

    A eliminação dos Jazz na primeira ronda não surpreendeu, mas a temporada soube a pouco à equipa de Quin Snyder. Vai daí, os Jazz arriscaram muito e foram buscar jogadores “feitos” e com vontade de ganhar já. Conley e Bogdanovic oferecem qualidade extra que faltou à equipa no ataque, enquanto Jeff Green e Ed Davis complementam perfeitamente os jogadores que já se encontravam em Salt Lake City.

    Mesmo com uma projeção mais baixa em relação à época passada, os Utah Jazz têm de ser consideradas uma das equipas a temer na próxima temporada, principalmente se Donovan Mitchell atingir um novo nível. O cinco inicial é um dos mais fortes e consistentes na Oeste e, sem lesões, esta poderá ser uma equipa muito perigosa.

    Foto de Capa: NBA

    Design: Bola na Rede

    Artigo revisto por Diogo Teixeira

    - Advertisement -

    Subscreve!

    PUB

    spot_img

    Artigos Populares

    Braga oficializa contratação de Amine El Ouazzani até 2029

    Amine El Ouazzani é a mais recente contratação do...

    Vítor Pereira renova contrato com o Al Shabab

    Vítor Pereira já renovou contrato com o Al Shabab....

    Aston Villa confirma contratação de Lewis Dobbin ao Everton

    Lewis Dobbin é reforço confirmado pelo Aston Villa. O...
    António Pedro Dias
    António Pedro Diashttp://www.bolanarede.pt
    Tem 22 anos, é natural de Paços de Ferreira e adepto do SL Benfica. Desde muito pequeno que é adepto de futebol, desporto que praticou até aos 13 anos, altura em que percebeu que não tinha jeito para a coisa. Decidiu então experimentar o basquetebol e acabou por ser amor à primeira vista. Jogou até ao verão passado na Juventude Pacense e tem o Curso de Grau I de treinador de basquetebol desde os 19. O gosto pela NBA surgiu logo quando começou a jogar basquetebol e tem vindo a crescer desde então, com foco especial nos Miami Heat.                                                                                                                                                 O António escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.