A CRÓNICA: ENCARNADOS VENCEM NA BÉLGICA E MANTÊM LIDERANÇA PARTILHADA

Em jogo a contar para a FIBA Europe Cup – Segundo Nível, o SL Benfica foi à Bélgica vencer o Spirou Charleroi por 78-85.

Com um bom ambiente no pavilhão, o jogo começou intenso com ambas as equipas a mostrarem respeito uma pela outra e isso resultou numa primeira parte equilibrada, com as defesas e os ataques a mostrarem-se igualmente consistentes. Durante toda a primeira metade, nenhuma das equipas alcançou uma vantagem superior a cinco pontos, o que reflete bem o equilíbrio nos 20 minutos iniciais.

Após o intervalo, a equipa da casa pareceu voltar melhor do descanso e foi capaz de se colocar em vantagem durante alguns minutos. Contudo, quando os encarnados recuperaram a liderança (54-57), nunca mais ficaram para trás. Apesar disso, a equipa portuguesa também não se mostrava capaz de estender a diferença pontual, e os belgas mantinham o jogo em aberto.

Finalmente, com perto de dois minutos para jogar, o SL Benfica foi capaz de selar o triunfo, chegando mesmo a construir uma vantagem de onze pontos em pouco tempo. No fim do jogo, vitória para a equipa de Carlos Lisboa, que não recupera emocionalmente da derrota do passado domingo, como ainda garante que o BBC Bayreuth não foge na liderança antes da visita à Luz, já no próximo dia 29.

A FIGURA

Fonte: FIBA Europe Cup

Anthony Ireland – O base do SL Benfica continua a demonstrar o seu bom momento de forma. Com 19 pontos, oito ressaltos e sete assistências, o norte americano ficou perto do triplo duplo e foi o maestro do ataque das águias.

O FORA DE JOGO

Fonte: FIBA Europe Cup

Efeitos sonoros do pavilhão – Para além do barulho de sirenes durante os lançamentos livres a favor do Benfica, todos os efeitos sonoros que saíram do sistema de som do pavilhão do Spirou pareciam designados a tornar a experiência de assistir ao jogo intolerável. Péssimo trabalho!

ANÁLISE TÁTICA – SPIROU CHARLEROI

Forte aposta no ataque e defesa dos três pontos foi a estratégia dos belgas para enfrentar o SL Benfica. Infelizmente, não foi a mais adequada, e a equipa do Spirou Charleroi converteu apenas dez triplos em 31 tentados, enquanto permitiu aos encarnados uma percentagem de 51 de fora do arco.

CINCO INICIAL E PONTUAÇÕES

Moses Greenwood (5)

Alexandre Libert (7)

Speedy Smith (7)

Haris Delalic (5)

Joshua Sharma (7)

SUBS UTILIZADOS

Yoeri Schoepen (7)

Thomas Creepy (5)

Axel Hervelle (5)

Noe Botuli (4)

Milan Samardzic (6)

ANÁLISE TÁTICA – SL BENFICA

Com as ausências de Betinho e de Coleman, o SL Benfica foi obrigado a fugir das zonas interiores, e a aposta no lançamento foi recompensada numa noite onde todos pareciam estar afinados. Defensivamente, muito notória a falta de Coleman, com o conjunto de Carlos Lisboa a perder demasiados ressaltos defensivos.

CINCO INICIAL E PONTUAÇÕES

Anthony Hilliard (8)

Anthony Ireland (9)

Gary McGhee (7)

Arnette Hallman (6)

José Silva (4)

SUBS UTILIZADOS

Fábio Lima (8)

Gonçalo Delgado (4)

Rafael Lisboa (6)

Damian Hollis (5)

Foto de Capa: FIBA Europe Cup

Artigo revisto por Inês Vieira Brandão

Comentários