cab nba

Depois de, no último texto, ter feito uma análise concreta, apesar de subjectiva, do que aconteceu até agora, vou aproveitar, desta vez, para tentar adivinhar como estará a liga no final da época regular.

No final da fase regular:

Most Valuable Player: Esta luta julgo que será até ao último jogo. Kevin Durant seria o MVP se a época acabasse hoje. Contudo, ainda há imensos jogos pela frente, e LeBron James começou a jogar muito melhor nos últimos jogos. Apesar de poder ser tarde demais, James esteve sempre em segundo lugar nesta corrida, mas, num ano normal em que Durant não tem de carregar os Thunder, por causa da lesão de Westbrook, seria MVP. Não consigo mesmo adivinhar quem será o MVP no final do ano.

Most Improved Player: Lance Stephenson, pessoalmente, é o jogador que mais merece este prémio. Lidera a liga em triplos-duplos; a nível de assistências, é o que tem mais na equipa; e é o segundo jogador com mais pontos e ressaltos dos Pacers. Visto que estamos a falar da equipa que está à frente da conferência, e Stephenson, até então, não foi considerado um grande jogador, o número um dos Indiana Pacers, em princípio, receberá este título.

Anúncio Publicitário

Rookie of the Year: Se me perguntassem há duas semanas quem iria receber esta honra, sem gaguejar sequer, responderia Michael Carter-Williams. No entanto, Victor Oladipo tem subido muitíssimo de rendimento, e MCW, como é conhecido pelos fãs, tem feito o caminho inverso. Ainda há muito campeonato pela frente e muito ainda pode acontecer. Trey Burke, dos Utah Jazz, também pode vir a ter uma palavra nesta luta.

6th Man of the Year: No ano passado, os Portland Trail Blazers tiveram um dos piores bancos da história da liga, e este ano trabalharam imenso para o reforçar. E em Mo Williams fizeram uma aposta acertadíssima. O base suplente do irreverente Damian Lillard pode, claramente, receber tal título.

Defensive Player of The Year: No ano passado, este rótulo gerou alguma controvérsia, pois votaram num jogador que, julgo eu, nunca tinha estado nas cogitações ou, pelo menos, nunca tinha sido colocado como favorito. Na minha opinião, há dois favoritos: Roy Hibbert e Anthony Davis. Ambos podem ganhar e, sinceramente, tudo dependerá muito das votações, já que ambos são regulares defensivamente e ajudam os seus plantéis nas suas acções, constantemente.

Agora, de acordo com o que aconteceu até ao momento, e avaliando os plantéis das equipas de cada uma das conferências, estas são as minhas apostas para os playoffs. São apenas suposições, e pode acontecer algo que mude tudo. Não vou pôr a ordem das equipas porque, para descobrir, aí sim tinha de ter capacidades de vidente.

Ao fim de 82 jogos numa época regular, é para os playoffs que todas as instituições trabalham durante o ano todo. Fonte: http://t1.gstatic.com
Ao fim de 82 jogos numa época regular, é para os playoffs que todas as instituições trabalham durante o ano todo.
Fonte: t1.gstatic.com

 

Para a conferência Este:

  • Estas equipas vão, em princípio, sem se esforçarem muito.
    • Indiana Pacers
    • Miami Heat
    • Toronto Raptors
    • Chicago Bulls
    • Washington Wizards
    • Os últimos três lugares serão uma luta a cinco:
      • Brooklyn Nets
      • Charlotte Bobcats
      • Atlante Hawks
      • Detroit Pistons
      • Cleveland Cavaliers

Para a conferência Oeste, que é, indiscutivelmente, a conferência mais competitiva da liga é mais complicado. Contudo, aqui vão as minhas previsões:

  • Estas equipas vão, em princípio, sem se esforçarem muito.
    • Oklahoma City Thunder
    • San Antonio Spurs
    • Houston Rockets
    • Los Angeles Clippers
    • Portland Trail Blazers
    • Os últimos três lugares serão uma luta a quatro, quase de certeza. Porém, equipas como a dos Pelicans podem vir a ter uma palavra.
      • Dallas Mavericks
      • Golden State Warriors
      • Phoenix Suns (Se Goran Dragić voltar, rapidamente, da sua lesão)
      • Memphis Grizzlies

As maiores ausências nos playoffs serão, quase de certeza, as de Boston Celtics e Los Angeles Lakers, da conferência Este e Oeste, respectivamente.