Na semana passada, tinha dito neste mesmo espaço que os Nets eram os vencedores da free agency. Risquem isso, porque Kawhi Leonard virou a liga de pernas para o ar ao assinar com o “filho esquecido” de Los Angeles. Um movimento que mostra que o trabalho e a capacidade valem mais do que a história, tal como os Nets tinham comprovado no primeiro dia de julho.

Muitos colocavam-o nos Lakers, outros acreditavam que tentaria prolongar o conto de fadas em Toronto, mas o “Board Man” acabou por escolher os Clippers, que muitos consideravam fora da corrida. Para que tal acontecesse, os Clippers tiveram de chegar a acordo com os Thunder para garantir Paul George, numa troca que mudou o rumo da liga (por exemplo, Westbrook deve ser o próximo a abandonar Oklahoma).

Tal como no caso de Durant e Irving para Brooklyn, ganhou a equipa mais pequena da sua cidade. Um desfecho que deveria fazer os Lakers e os Knicks pensarem no porquê? Mas isso provavelmente não vai acontecer… Desde cedo, Lakers e os Knicks foram apontados como favoritos aos principais free agents, muito devido ao seu estatuto e historial. Mas foram ultrapassados por aqueles para os quais sempre olharam com desdém e alguma superioridade.

Paul George vai mesmo jogar em Los Angeles, mas não pela equipa que todos esperavam há um ano Fonte: Los Angeles Clippers

Assim, se pensarmos bem, nada disto pode ser visto como uma surpresa. Embora menos mediáticos, os Clippers e os Nets têm mostrado trabalho e empenho ao longo dos últimos anos. No caso da turma de L.A., o susto pregado aos Warriors, na primeira ronda dos playoffs, com uma equipa de “rejeitados” e a maneira como têm tratado os seus ativos devem ter sido os principais motivos que levaram Kawhi Leonard ao seu Estado de nascença, culminando com a chegada do terceiro melhor jogador da última temporada regular. Simplesmente, no front office dos Clippers, há muito trabalho e pouca confiança cega no que o destino possa trazer, só porque o passado foi risonho…

Não estou aqui a dizer que os Lakers, que adicionaram Anthony Davis e Cousins a LeBron, tenham tido um mau verão. Estou claramente a dizer que os Knicks tiveram… A verdade é que, à escala mundial, são das equipas mais reconhecidas da NBA. Mas, foram ambas ultrapassadas pelo rival que ali ao lado trabalhava, enquanto que eles pouco lhes ligavam. Os Clippers e os Nets estão de parabéns por um trabalho meritório e bem feito ao longo destes últimos anos e que lhes trazem reais esperanças de obterem um título.

Foto de Capa: NBA

Comentários