cab nba

Mais uma semana que passa. Mais dezenas de jogos. Mais histórias para serem contadas. Depois de engolir a azia que senti após o jogo entre os Golden State Warriors e os Miami Heat (vitória da equipa da Califórnia), decidi escrever sobre os jogadores mais indefensáveis da liga.

Para quem gosta da NBA, há jogadores que por vezes podem meter algum “asco” pela qualidade apresentada. Há atletas que por mais pressão que tenham em cima, por mais longe que estejam do cesto, por mais impossíveis que pareçam as suas missões ofensivas, têm sempre algum toque de magia que faz com que os seus lançamentos encontrem o destino.

Por onde começar se não pelo detentor do recorde de maior número de triplos numa época, Stephen Curry, que por acaso marcou mais de 30 pontos contra os bicampeões. Curry tem demonstrado que é o base que mais medo mete quando se aproxima do garrafão. O jogador dos Golden State Warriors é mortífero a longa distância e se um defesa se antecipar e tentar defender essa opção ofensiva, quase sempre em vão, o base opta ou por passar para alguém livre, ou por utilizar a sua velocidade e habilidade para atacar o cesto. Contra os Miami Heat, Curry fez 8 triplos e muitos deles quase impossíveis. Bem, com qualquer outro atleta seriam mesmo impossíveis, mas com Curry é algo que já é expectável.

De seguida, falo de outro base. James Harden, o barbudo que joga nos Houston Rockets, é outro jogador que se apresenta como uma constante ameaça a todas as formações defensivas. Este não faz tantas assistências como o anterior, porém marca mais. Assustadoramente bom a lançar de triplo, Harden é um atleta com uma gigante capacidade de explosão e de afundar. Jogador bastante forte no um para um, Harden, mesmo quando lança mal, é capaz de fazer jogos fenomenais. Exemplo disso foi o jogo em que apenas acertou duas vezes em nove lançamentos de campo, mas mesmo assim acabou com mais de 20 pontos. Escusado será dizer que Harden é um jogador fenomenal e quase indefensável.

Os próximos jogadores são absolutamente soberbos e a prova disso é que estão constantemente entre os melhores marcadores da liga. Comecemos pelo que ganhou esse título no ano passado. Carmelo Anthony está a fazer um início de época muito abaixo do comum. Aliás, a equipa dos Knicks é que o está a fazer. Melo, como é conhecido pelos fãs, faz regularmente “duplos-duplos” e marca uma quantidade ridícula de pontos. A sua qualidade ofensiva está a ser ofuscada pela péssima performance da equipa de Nova Iorque, mas mesmo assim, Anthony é actualmente o segundo melhor marcador da liga. Este tem um dos lançamentos mais puros da NBA e tem um jogo de pés fenomenal. Não garante grandes afundanços nem grandes rodopios. Basicamente, Carmelo Anthony garante pontos.

James-Durant
Temos sido abençoados por poder assistir a estes dois fenómenos a jogar. Sem dúvida, os melhores do mundo. São também os mais indefensáveis da liga.
Fonte: sportsinreview.com

Os dois jogadores mais indefensáveis da liga são também os dois melhores. Kevin Durant dos Oklahoma City Thunder foi o melhor marcador durante três anos consecutivos (e está a caminho de o ser outra vez). Com Durant não há volta a dar – ele vai marcar pontos, como é que ele o vai fazer é que é a grande questão. Possuidor de um grande alcance nos seus lançamentos e de uma enorme aptidão para afundanços poderosíssimos, a maior estrela da equipa de Oklahoma faz o que quer quando tem a bola na mão. Durant tem mostrado que, sozinho, consegue levar a equipa às costas. Agora, o que o torna tão indefensável? O jogador possuidor de braços compridíssimos tem um lançamento bastante elevado, o que faz com que os defesas não o defendam tão bem e quando o conseguem, fazem falta. Ou se tem um jogador com capacidade paranormal a cobrir “Durantula”, ou basicamente tem de se esperar que o treinador o tire para descansar, para que se possam ter hipóteses.

Por fim, tem de se falar, obviamente, de LeBron James. Melhor jogador da NBA por quatro vezes não consecutivas, quando LeBron começa a ir em direcção ao cesto, não há quase ninguém que o consiga parar. Feito locomotiva, James leva os jogadores que tiver de levar à sua frente. Com um físico assustador, a maior estrela da liga tem uma habilidade que engana bastante. Liderou a equipa de Miami em assistências, pontos e ressaltos, feito poucas vezes conseguido na história da liga. Com um lançamento de meia distância muito bom e um de triplo interessante, LeBron James prova por que é o melhor jogador da liga.

Em suma, destes jogadores só se podem esperar dezenas de pontos diariamente. E basicamente, as equipas adversárias só têm “sorte” quando estes atletas fazem jogos menos conseguidos.

Comentários