Anterior1 de 2

Mike d’Antoni assume cargo de adjunto de Steve Nash em Brooklyn

Na última semana, o mundo da NBA recebeu uma avalanche de notícias. Por algumas horas, os jogadores passaram para segundo plano, enquanto os treinadores invadiram os títulos dos jornais. Entre as muitas mudanças, destaca-se a contratação de Mike d’Antoni para treinador adjunto de Steve Nash nos Brooklyn Nets.

O técnico italo-americano abdicou de uma carreira consolidada (15 épocas a treinar na liga) para ser a “sombra” de um novato na cadeira de sonho. Nash conta, além da experiência de Antoni, com Ime Udoka (ex-treinador adjunto dos 76ers) e Amar’e Stoudemire.

Apesar da tripla contratação sonante, existem bastantes ressalvas sobre este projeto. Uma delas prende-se, inevitavelmente, nos egos que se transportam com as personalidades. Tratando-se de pessoas com caminhos de sucesso traçado no passado, pode existir algum atrito ocasional que possa travar o sucesso da organização.

Anúncio Publicitário

Além disso, com nomes como Kyrie Irving no plantel, já se criaram bastantes narrativas futuristas. É verdade que o base da equipa de New York é conhecido pela facilidade de encontrar conflitos onde não existem, mas tudo até agora são previsões. A verdade é que, na teoria, Steve Nash conseguiu juntar uma equipa técnica de sonho para qualquer veterano da NBA.

Um dos cenários que também pode motivar debate é uma possível mudança de cara no comando técnico da organização a meio da temporada. Por exemplo, caso o ex-MVP tenha uma crise de resultados e eventualmente seja despedido, Mike d’Antoni pode assumir imediatamente o cargo.

Foto de capa: Brooklyn Nets

Anterior1 de 2

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comente!
Por favor introduz o teu nome