A fase regular da NBA entra em março no último quarto e a classificação final começa a ganhar forma. Ou melhor, isto seria o que eu escreveria noutro ano qualquer, mas não nesta temporada com uma Conferência Oeste completamente virada do avesso. Desde a luta a dois pelo primeiro lugar até à confusão dos outros seis lugares para a chegada aos playoffs, o último mês e meio de temporada regular tem tudo para ser explosivo.

Com uma média de 35 pontos e 13 ressaltos por jogo, Davis foi eleito o jogador do mês de fevereiro da Conferência Oeste
Fonte: New Orleans Pelicans

Na luta pela primeira posição, Houston Rockets e Golden State Warriors continuam colados. Os campeões continuam a ser os favoritos à vitória final, mas ninguém do lado do Pacífico assustava Steve Kerr nos anos passados como estes Rockets de Harden e Paul. Com uma excelente série de vitórias consecutivas e um basquetebol atraente, a equipa de Mike D’Antoni pretende assegurar a vantagem caseira para um eventual confronto nas finais de conferência.

Com os primeiros dois lugares entregues (falta saber a ordem), oito equipas deverão lutar nos próximos vinte jogos por seis posições. No caso dos Spurs seria chocante, enquanto que Wolves e Thunder demonstrariam uma tremenda incompetência ao falharem os playoffs, depois das mexidas no verão e de terem estado tão bem posicionados. Destaque para o trabalho dos Blazers, constantes candidatos ao sétimo/oitavo lugar e aos Pelicans, que depois de perderem Cousins recuperaram a confiança, às costas de um super Anthony Davis. Ambas as equipas estão, surpreendentemente em lugares que lhes dão vantagem caseira na primeira ronda.

Foto de Capa: Houston Rockets

Comentários