cab nba

Oitenta e dois. É esse o número de jogos que separa o início da época regular dos playoffs, para alguns, e das férias, para outros.

Mas não é sobre férias que pretendo falar. Por esta altura, para a semana, já começaram os jogos; como tal, já poderemos especular, de acordo com os resultados conseguidos na primeira ronda, sobre quem irá passar, sobre se irá haver alguma surpresa ou alguma reviravolta.

Posto isto, há pontos imprescindíveis para analisarmos a fase final da época. A partir do momento em que começam os jogos, não interessa os resultados conseguidos durante a época. Cada jogo é um jogo, e agora tudo é muito mais a sério. Sendo assim, apesar de uma equipa estar em determinado lugar na conferência no final da época, todas as equipas devem ser levadas a sério. Cada jogada é extremamente valiosa e não há hipóteses de voltar atrás. A pressão sobre cada atleta é exorbitante, e é nesta altura que as estrelas nascem. Nos playoffs, acima de tudo, a concentração é indispensável.

Começa no próximo sábado o verdadeiro jogo pelo trono, que, durante o próximo ano, irá conceder a uma equipa o direito de se intitular campeã. Fonte: Assets.sbnation.com
Começa no próximo sábado o verdadeiro jogo pelo trono
Fonte: Assets.sbnation.com

Chegou a altura em que ficamos acordados até às tantas para ver jogos que realmente interessam a todos. Sejamos sinceros – se tivermos de ficar acordados para ver os Kings contra os Bucks, mais vale adormecermos. E, agora, realmente vale a pena fazer um esforço.

Anúncio Publicitário

Depois, há equipas que merecem uma salva de palmas. Comecemos pelos Wizards e pelos Raptors, que há anos que não jogam para lá da fase regular. Entretanto, há um dado interessante, que deve ser dito. Se, por acaso, as primeiras três equipas da conferência Oeste estivessem do outro lado, todas continuariam em primeiro. O oitavo classificado – Memphis Grizzlies – estaria empatado com os Bulls, que actualmente estão em terceiro. Este dado é representativo da clara supremacia de Oeste sobre Este.

Neste texto não pretendo falar sobre nenhuma equipa em especial, nem sobre nenhum acontecimento extraordinário que já tenha ocorrido. A realidade é que a época da NBA está pronta para se tornar muito mais agressiva.

Bem, as próximas semanas que se avizinham serão, certamente, electrizantes, excitantes, e todos os adjectivos que me possam ajudar a descrever a energia sentida nos playoffs. Todas as vantagens são boas, quer seja a vantagem de jogar em casa, ou a de ter o MVP, ou o Defensive Player of the Year, só são realmente importantes no papel, porque, nestes jogos, nenhum destes dados interessa.

As únicas estatísticas efectivamente relevantes são as apresentadas no final de cada jogo.

Artigo anteriorPortugal vence duelo ibérico: Parte 1
Próximo artigoContas feitas e por fazer
O André já fez natação, futebol, futsal, basquetebol, judo, karate, jiu-jitsu brasileiro, ténis de mesa. No entanto, não sabe fazer nada sem ser ver os jogos da NBA e do seu Benfica!                                                                                                                                                 O André não escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.