Cabeçalho modalidadesCinco equipas já se encontram apuradas para a fase seguinte. Sem surpresa, os Warriors resolveram a eliminatória em, somente, quatro jogos e com o luxo de deixar Kevin Durant no banco. Os Cavaliers, apesar das dificuldades em alguns jogos, no final mostraram sempre o porquê de serem uma das melhores equipas da NBA e, também em quatro jogos (ao contrário do que eu previ), deixaram os Indiana Pacers para trás. Também já apurados, mas não em quatro encontros, estão os Houston Rockets. Venceram quatro dos cinco jogos realizados, tendo festejado a passagem à segunda ronda em casa dos OKC. Westbrook, o monstro habitual, não foi capaz de, sozinho, levar a sua equipa em frente. Face às exibições fenomenais do camisola 0, é  um pouco triste vê-lo ficar por aqui. Mas o jogo é assim, e James Harden, com a sua trupe, foram, claramente, os melhores.

Após perderem os dois primeiros jogos, em casa, o cenário dos Celtics ficou tremido. Em desvantagem frente à oitava equipa da conferência Este, Isaiah e companhia ganharam os dois jogos na United Center. Recuperaram a força e deixaram os Bulls perder a vantagem, faltando, assim, apenas uma vitória para que a equipa de Boston siga para a próxima fase, uma vez que, a noite passada, venceram novamente o jogo (108:97).

Esta madrugada os Toronto Raptors deslocaram-se à Bradley Center para vencerem os Bucks no sexto jogo da eliminatória. DeMar De Rozan brilhou e marcou 32 pontos, contribuindo assim para o resultado final de 92-89. Já aos Bucks, de nada valeram os 34 pontos do grego Giannis Antetokounmpo. Agora os Raptors terão de enfrentar os Cavaliers na próxima ronda.

Fonte: sportv.globo
Fonte: sportv.globo

Os Wizards, com apenas uma vitória em falta, poderão adiar todas as decisões para o jogo número sete. Isto porque, até agora, foram incapazes de vencer em Atlanta. A eliminatória encontra-se, neste momento, 3-2, com os Wizards em vantagem sobre os Hawks.

Outro jogo equilibrado e interessante é o dos Utah Jazz com os Clippers. Em cinco jogos realizados, a equipa de LA ganhou um e a de Utah outro. Assim, com dois jogos em casa e três fora, os Jazz levam vantagem na eliminatória. Teoricamente, será fácil para o quinto classificado da conferência Oeste, resolver a eliminatória já no próximo jogo, visto que será em casa, no entanto, ambas as equipas já provaram ser imunes ao fator casa. Teremos oportunidade de ver sete jogos?

Anúncio Publicitário

Ainda no Oeste temos os Spurs a surpreender. Apesar de eu ter afirmado, no artigo em que cada um dos redatores fez as suas previsões, que a equipa do Mr. Popovich resolveria a eliminatória em seis jogos, o mais provável seria conseguirem fazê-lo em menos. A verdade é que os Grizzlies provaram estar à altura de dar luta a uma grande equipa. Os Spurs seguiram para Memphis e recusaram-se a deixar tudo para o último momento, tendo vencido a partida por 103-96.

 Foto de capa: sportv.globo

Artigo revisto por: Francisca Carvalho