Cabeçalho modalidadesQuando achamos que a NBA não nos pode surpreender mais, surpreende. O desejo de Kyrie Irving de abandonar os Cleaveland era já por todos sabido. Talvez longe do que todos pudessem pensar, este acabou de ser apresentado como jogador dos Boston Celtics.

Irving nos Celtics teve um preço: Isaiah Thomas. Mas, aparentemente, não era suficiente para os Cavaliers, que têm agora também na sua equipa Jae Crowder e Ante Zizic e ficaram com a escolha do Draft de 2018 que pertencia ao Brooklyn Nets.

A questão é: terá sido esta trade benéfica para ambos os lados? Não tirando valor a Isaiah (jogador que, pessoalmente, gosto imenso), Irving é superior, portanto, os Celtics ficam a ganhar. Já acerca dos Cavaliers, não se pode dizer o mesmo. Com uma equipa que há três anos consecutivos chega à final, de nada vale o “baixinho” e outros dois jogadores que nem na equipa de Boston tinham espaço. Ou seja, a meu ver, os Cavs saem a perder com a trade.

Quem terá mais a ganhar com a troca? Fonte: ftw.usatoday.com
Quem terá mais a ganhar com a troca?
Fonte: ftw.usatoday.com

Seria algo espetacular se esta tivesse sido realizada com uma equipa em construção. Suponhamos que Irving pertencia aos Philadelphia 76ers: trocar Irving por Isaiah Thomas, Jae Crowder, Ante Zizic e ainda o lugar dos Nets no draft, era fenomenal, visto que os 76ers têm uma equipa em construção. Na minha perspetiva, é uma troca com pouco sentido para os vice-campeões.

De qualquer das maneiras, dia 17 de Outubro, as duas equipas vão defrontar-se, logo na abertura da temporada, e aí veremos qual dos dois ficou mais a ganhar: Boston com Irving ou Cavaliers com Thomas?

Artigo revisto por: Francisca Carvalho

Comentários