Cabeçalho modalidadesNesta época de 2016/17, espera-se um desiquilíbrio equilibrado no Oeste Selvagem. Destaque para as mesmas três equipas de sempre: Golden State Warriors, San Antonio Spurs e Houston Rockets.

Este ano, ao contrário do anterior, em Houston as ideias já estão alinhavadas, a equipa já se entende e o treinador está seguro. O exército de James Harden, a meu ver, encontra-se mais que preparado para a primeira batalha da época regular, no Staples Center em Los Angeles. Arrisco-me a dizer que os Rockets fartaram-se de ser a segunda grande equipa do Texas e representam um grande perigo nos playoffs. Às vezes dou comigo a pensar até que ponto estes senhores não terão (grandes) possibilidades de chegar à Final da Conferência.

Warriors, mais fortes e reforçados que na passada época (sim, é possível), só surpreenderão se voltarem a deixar fugir o anel de campeão. Vá lá malta, no Estado Dourado, a equipa que vemos atuar na Oracle Arena mais parece uma All Star Team.
Já os Spurs, apesar de terem perdido a grande e imortal estrela da equipa – Tim Duncan – não vão cair nem falhar aos fieis seguidores. Com certeza que, mais uma vez, estarão na luta por um lugar na final da conferência.

Os Wolves vão tentar regressar aos playoff Fonte: hoopshabit.com
Os Wolves vão tentar regressar aos playoff
Fonte: hoopshabit.com

Dentro do desiquilíbrio do Oeste, teremos uma disputa equilibrada e fervente entre as restantes equipas por um lugar nos playoffs.
Os OKC, aqueles que surpreenderam tudo e todos ao eliminar os SA Spurs e ao pregar um valente susto aos GS Warriors, parecem ter quebrado. Depois da perda de Kevin Durant, uma das estrelas da equipa (juntamente com Westbrook), os Thunder mostraram fraqueza na pré-época. Será preciso muito estofo e esforço, tanto físico como mental, para repetir o feito da passada temporada.
Os Portland Trail Blazers, eliminados pelos Warriors dos playoffs de 2016, deverão repetir o feito e, com alguma sorte, chegarão mais longe que o ano passado.

Quem também poderá surpreender pela positiva este ano são, sem dúvida, os Minnesota Timberwolves. Numa (re)construção constante, os Wolves poderão chegar aos playoffs. Após a reforma de Kevin Garnett, a equipa de Minnesota conta com Karl-Anthony Towns (considerado Rookie do ano na passada temporada) e Zach Lavine para conduzirem a equipa.

Anúncio Publicitário

Foto de capa: basketballsocietyonline