2. 

Tom Dumoulin – O vencedor da 100.ª edição do Giro d’Italia sobe nas tabelas das apostas a cada dia. Depois de tantos problemas físicos e acidentes, o holandês assume-se, cada vez mais, como um potencial camisola amarela.

A qualidade demonstrada nos contra-relógios pode ser uma arma a ser utilizada no Tour e pode surpreender. É, sem dúvida, um grande favorito.