Em mais um jogo dos Campeonatos Universitários de Lisboa, estiveram frente a frente a AEFEUNL e a AEISEL. Numa primeira parte sem golos, e com pouco a contar, coube aos homens de Economia a melhor oportunidade para inaugurar o marcador: em cima do intervalo, um remate vistoso dentro da área quase obrigou o guardião do ISEL a uma grande defesa.

Já no segundo tempo, foi a vez de os “Engenheiros de Chelas” estarem muito próximos do primeiro na partida: aos 57 minutos, na sequência de um canto, o guarda-redes da Nova mostrou estar atento. E a atenção voltou a ser exigida oito minutos depois quando, novamente num canto, os jovens do Politécnico de Lisboa ameaçaram as redes adversárias. As bolas paradas iam sendo a principal arma utilizada pelas duas equipas.

O jogo não sorriu para a equipa do ISEL
Fonte: Jorge Martins/ADESL

Nos últimos dez minutos do desafio, os “Economistas de Carcavelos” tanto insistiram que desbloquearam o nulo existente. Na conversão de uma grande penalidade, Ricardo Soyoye não tremeu e fez o único tento da noite. 1-0 para a AEFEUNL e os três pontos a irem para os rapazes de vermelho e branco, que ficam à condição no segundo posto da tabela, com quatro pontos. Já os engenheiros encontram-se no sexto lugar, com apenas um ponto.

Flash interview:

Anúncio Publicitário

Jogo completo:

Foto de Capa: Jorge Martins/ADESL

Comentários