WWE Stomping Grounds: Kofi Kingston e Seth Rollins continuam campeões

    Seth Rollins mantém-se Universal Champion

    Antes do início do mainevent, Corbin fez questão de anunciar o árbitro que escolhera para o mesmo: Lacey Evans.

    Com esta distração, o candidato ao Universal Championship atacou Rollins com uma cadeira e dominou o início do combate.

    Uma das críticas em relação a este combate (dos fãs e até de Chris Jericho) foi o facto de Corbin ainda não estar a um nível de mainevent, e isso mostrou-se durante o seu domínio, com o público a cantar “Boring” e “CM Punk”.

    Quando, finalmente, Rollins ganhou algum ritmo, o combate acelerou e animou o público. No entanto, Evans começou a ser um factor a ter em conta por contar os pins muito lentamente.

    Mas Rollins não se deixou afectar e aplicou uma powerbomb através da mesa de comentadores. Mas, para descontentamento geral, Evans decidiu que a partir daí, o combate não tinha countout.

     Rollins continuou a lutar até conectar o Frog Slpash. No entanto, quando fez o pin, Lacey “magoou-se” no braço e não fez a contagem de três.

     Quando Evans fez um golpe baixo em Rollins, Becky Lynch surgiu para a atacar. Estando Evans fora de acção, um árbitro verdadeiro substituiu-a. 

    Deste modo, Seth não demorou a aplicar o Stomp e a vencer Baron Corbin.

    Confesso que este combate me desiludiu um pouco, muito devido à influência de Lacey Evans. Sem ela, Corbin nunca teria hipóteses de vencer Seth Rollins. 

    Nota do combate: 6,5/10

    Foto de Capa: WWE

    - Advertisement -

    Subscreve!

    Artigos Populares

    Afonso Viana Santos
    Afonso Viana Santoshttp://www.bolanarede.pt
    Desde pequeno que o desporto faz parte da sua vida. Adora as táticas envolvidas no futebol europeu e americano e também é apaixonado por wrestling.