logo-BnR.png

ÚLTIMA HORA:

Oliveira volta a pontuar numa corrida em que a Suzuki foi rainha

As más notícias para a equipa da Honda continuaram e, logo de seguida, Jorge Lorenzo acabou por abandonar a corrida devido a problemas mecânicos. Está a ser um início de temporada bastante difícil para o piloto espanhol.

Lá na frente, a quatro voltas do final, Álex Rins passou ao ataque e conseguiu roubar a liderança da prova a Rossi. O italiano manteve-se atrás do piloto da Suzuki para conseguir estudar o adversário e delinear o motivo exato para devolver o ataque a Álex Rins. Mas, sempre que o piloto da Yamaha tentava ganhar posição através da travagem nas curvas, acabava por alargar em demasia, e quem ficava a ganhar era o homem da Suzuki.

Rins não olhava para trás e, na última volta, um erro de Rossi permitiu ao piloto espanhol ganhar cerca de sete décimas. Apesar da pressão constante do homem da velha guarda, Álex Rins não cedeu e alcançou a sua primeira vitória na categoria rainha e a terceira vitória para a Suzuki, depois das vitórias de Chris Vermeulen en Le Mans (2007) e Maverick Viñales em Silverstone (2016).

Miguel Oliveira (KTM) terminou a corrida no 14.º lugar e voltou a pontuar. O piloto português tinha partido da 18.ª posição, mas acabou por subir algumas posições e beneficiou de uma falsa partida de Maverick Viñales e Joan Mir, que obrigou os pilotos a passarem pelas boxes.

Oliveira ocupa agora o 16.º lugar da classificação geral e continua a alimentar o sonho português no mundial de motociclismo.

“Vamos continuar esta curva de aprendizagem.”
Fonte: Red Bull KTM Tech3

No final da corrida, Oliveira mostrava-se satisfeito com o resultado, apesar de ter tido algumas dificuldades no início da corrida. “Foi uma corrida bastante complicada. Tive um arranque mediano e não consegui recuperar tantas posições quanto gostaria. Mas, assim que consegui apanhar o ritmo, senti-me bem com a mota. E acabámos por terminar dentro dos pontos, que era o nosso objetivo para este fim-de-semana num circuito muito complicado. Saímos de Austin com muitos pontos positivos e continuamos esta curva de aprendizagem”, comentou o piloto ao BnR.

Texto revisto por: Mariana Coelho

Foto de Capa: MotoGP

O desporto está-lhe no sangue, o futebol e o mundo das duas rodas são as suas verdadeiras paixões.                                                                                                                                                 A Carolina escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.

O desporto está-lhe no sangue, o futebol e o mundo das duas rodas são as suas verdadeiras paixões.                                                                                                                                                 A Carolina escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.

[my_elementor_post_nav_output]

FC PORTO vs CD TONDELA