Chegou a altura de o MotoGP regressar a terras de nuestros hermanos. Os pilotos estão este fim-de-semana na Catalunha e tudo indica que será uma corrida muito renhida.

Durante as três sessões de treinos os tempos estiveram sempre muito próximos com vários pilotos a manter-se dentro do mesmo segundo. 

Marc Marquez (Repsol Honda) foi o primeiro a marcar o ritmo no seu GP de casa, conseguindo o melhor tempo da sessão (1:40.692). Não muito longe ficou Fabio Quartararo (Petronas Yamaha STR). O francês ficou muito próximo do espanhol (0.111), assim como Maverick Viñales (Monster Energy Yamaha MotoGP) numa performance surpreendente que o deixou a apenas 0.180 segundos do líder. 

Na segunda sessão de treinos livres foi Quartararo a tomar a liderança, batendo o tempo de Marquez (1:40.079). Já o espanhol ficou-se pelo 17.º posto. Viñales também se afastou dos primeiros lugares, ficando-se pelo 14.º melhor tempo da sessão.

As Ducatis marcaram ritmos muito diferentes na primeira sessão de treinos com Andrea Dovizioso a fazer o quarto melhor tempo (1:41.030). Já Danilo Petrucci manteve-se muito discreto e ocupou o 18.º lugar na grelha (1:41.624).

Na segunda sessão, Dovizioso diminuiu a diferença de tempo para o piloto no topo da tabela de tempos (Quartararo), ficando a 0.281 segundos. Petrucci também conseguiu aproximar-se mais do topo, tendo terminado a sessão no oitavo lugar, a 0.520 do líder.

O português, Miguel Oliveira, alcançou o 20.º melhor tempo na primeira sessão de treinos com um tempo de 1:41.920. Na segunda sessão melhorou o tempo mas acabou por aumentar a sua distância para Quartararo, visto que o francês bateu o tempo da sessão anterior.

No geral, as KTM estiveram dentro do habitual, na primeira sessão. Pol Espargaro e Johann Zarco ficaram-se pelo14.º e 13.º melhor tempo, respetivamente. Pol acabaria mesmo por conseguir o quarto melhor tempo na segunda sessão de treinos, a apenas 0.314 do líder. Zarco não foi além do 12.º posto.

O espanhol, Pol Espargaro, conseguiu manter-se perto do líder em grande parte das sessões
Fonte: MotoGP

Já o colega de equipa de Miguel Oliveira, Hafizh Syahrin, manteve-se nos últimos lugares da tabela nas duas sessões de treinos, ocupando o 24.º e 22.º lugar, respetivamente.

Na terceira sessão de treinos livres o panorama geral alterou-se significativamente, sendo que foi Alex Rins (Suzuki Ecstar) a marcar o ritmo, a baixar aos 1:39.547. Pode dizer-se que o piloto mais consistente ao longo das três sessões foi, sem dúvida, Fabio Quartararo que segurou o segundo melhor tempo, com uma diferença mínima para o espanhol da Suzuki. Espera-se que o francês esteja, uma vez mais, na luta pelo pódio.

Destaque ainda para a recuperação das Yamaha nesta sessão. Valentino Rossi marcou o quarto melhor tempo (1:39.722) com o colega de equipa, Maverick Viñales, logo atrás, em, quinto lugar (1:39.756)  

Quanto às KTM, Pol Espargaro mantém-se próximo do líder (0.310) e Zarco muito longe, já a 1.395 segundos do líder. Miguel Oliveira desceu ao 22.º posto e Syahrin, ao último (24.º).

Foto de Cap: MotoGP

Comentários