QUATRO PORTUGUESES E UM ESPANHOL INTEGRAM PROJETO LUSO

No passado dia 6 de Abril, Miguel e Paulo Oliveira, juntamente com elementos da estrutura do Miguel Oliveira Fan Club, fizeram via conferência zoom a apresentação oficial da equipa que irá competir no campeonato português e espanhol de Moto4 (ESBK) e Supersport 300 em 2021. A MOFC Racing Team será composta, este ano, por quatro jovens pilotos portugueses e um espanhol, com idades compreendidas entre os 11 e 15 anos, e cujos perfis apresentamos abaixo.

Francisco “Kiko” Pires (#73), 19/12/2006 – crescendo no seio de uma família apaixonada por desportos motorizados, o paciente e metódico piloto de Oeiras conta com três épocas de experiência, e ao longo dos anos já acumulou vitórias e pódios (inclusivamente na Oliveira Cup). Este ano vai disputar o campeonato nacional de velocidade, novamente na categoria Moto4.

Fonte: Kiko Pires

Guilherme Gomes (#38, #6), 26/05/2006 – sentou-se numa RAV pela primeira vez aos 10 anos, e desde aí não mais parou de acelerar. Competiu com sucesso na Oliveira Cup (Ohvale e MiniGP) antes de subir às Supersport 300 e ao campeonato nacional de velocidade, onde compete desde o ano passado. Este ano está aos comandos de uma SS300 da MOFC Racing Team e já correu em Jerez, a sua estreia em palcos “além-fronteiras”.

Fonte: Miguel Oliveira Fan Club

Afonso Simões de Almeida (#95, #22), 27/11/2006 – tirou inspiração para o número de um famoso carro animado (Faísca McQueen), mas foram as duas rodas que o cativaram. Começou cedo na categoria MiniGP da Oliveira Cup, onde evoluiu durante três anos (2017-2019), e somou inclusivamente uma vitória antes de subir às Supersport 300 em 2020. Multifacetado, “Almeida” tem talento para o piano e para o futebol, e ainda aptidão para segurar motas a alta velocidade em condições adversas, um talento que pode vir a ser particularmente útil no futuro.

Anúncio Publicitário
Fonte: Miguel Oliveira Fan Club

Afonso Duarte de Almeida (#10), 10/08/2009 – o português mais benjamim da equipa não tarda em causar impacto por onde passa. Recheou uma época de pódios na Oliveira Cup em 2019, venceu o campeonato nacional de Moto4 no ano seguinte (com apenas 10 anos), e já somou pontos no campeonato ESBK espanhol, tanto em 2020 como na primeira prova de 2021 disputada em Jerez. Mostra motivação e profissionalismo acima dos seus anos e pode vir a ser um nome de relevo no motociclismo nacional.

Fonte foto: Miguel Oliveira Fan Club

Fernando Bujosa (#69) – Também com 11 anos de idade e nascido em Palma de Maiorca, Espanha, “Fer” vem de terra de campeões e é visto em Espanha como um dos grandes talentos emergentes do país. “Captado” pela MOFC Racing Team para 2021, já retribuiu a aposta com um 6º lugar e um pódio que por pouco não acabou mesmo em vitória, nas duas corridas disputadas em Jerez. Um sinal claro de que o maiorquino tenciona juntar sucessos em Moto4 (ESBK) ao seu currículo ganhador nas categorias de iniciação.

Fonte: Miguel Oliveira Fan Club

Feitas as apresentações dos pilotos, Paulo Oliveira, pai e agente de Miguel Oliveira, e líder da MOFC Racing Team, definiu então as “traves mestras” do projecto, que envolve um staff de cerca de 20 elementos e se expande além-fronteiras. Na base do projecto está a contribuição de patrocinadores, receitas de “merchandising” e investimento pessoal das famílias e “sponsors” dos atletas, com os fundos a serem então canalizados para a preparação das motas, custos de competição e tudo o que seja necessário para a logística e que se traduza numa boa base para a performance dos pilotos nos vários campeonatos.

Os pilotos “são captados com base nas suas prestações individuais e na dedicação que mostram ao desporto motorizado”, diz Paulo Oliveira, e é a partir daí feito pela MOFC Racing Team o acompanhamento até ao nível mais alto possível, que é, neste momento, os campeonatos de Moto4 e de Supersport 300 nacionais e espanhóis.

Já para Miguel Oliveira, grande mentor do projecto e já uma figura maior do motociclismo nacional, “a equipa nasce de uma lacuna no sistema de iniciação no motociclismo em Portugal” e tem como objectivo principal “formar jovens talentos a nível profissional e pessoal”.

Para isso, a MOFC Racing Team disponibiliza ferramentas e o máximo acompanhamento humano possível, dentro das possibilidades de calendário e recursos da equipa. O piloto português comentou que já “rodou” em pista com os jovens e revelou ainda que Bruno Jorge, seu preparador físico e treinador, irá também acompanhar e aconselhar os novos talentos na vertente física do desporto, confirmando a aposta da equipa no crescimento multidisciplinar dos cinco talentos.

Com uma corrida já disputada no calendário do campeonato espanhol de ESBK, que teve lugar em Jerez de la Frontera no passado fim de semana, os sinais são animadores: pódio conquistado por “Fer” Bujosa depois de uma corrida sempre no grupo da frente, e bons desempenhos por parte de Afonso Duarte de Almeida, que terminou uma das corridas no Top 10, e Guilherme Gomes, que em SS300 acabou a corrida de domingo no 34º lugar de um longo pelotão, numa mota por enquanto menos competitiva.

O calendário completo das competições, bem como os perfis dos pilotos e outras notícias podem ser consultados no site oficial da equipa. Da nossa parte, iremos acompanhar com grande interesse a evolução daquelas que podem vir a ser as estrelas do futuro do motociclismo nacional e ibérico.

Foto de Capa: Miguel Oliveira Fan Club