Uma semana depois e já as duas rodas estão de volta. Os pilotos e a as equipas nem precisaram de sair de Jerez de la Frontera já que o segundo grande prémio da temporada se volta a disputar no circuito Ángel Nieto.

Um fim de semana que começou com a notícia do regresso de Marc Márquez, depois de ter sido operado na passada terça-feira a uma fratura no antebraço direito. Mas após a qualificação deste sábado, Albert Puig mostrou-nos um grande bom senso e informou que o Marc Márquez não ia disputar a corrida desde domingo. E ainda bem! Porque o espanhol da Honda poderia colocar em causa toda a temporada de 2020 e ainda há um título de campeão do mundo para defender.

Sem Márquez, o protagonismo deste segundo grande prémio estará, outra vez, nas mãos de Fabio Quartararo e Maverick Viñales, que voltaram a disputar a pole position. Mas foi o francês, novamente, a levar a melhor por apenas 95 milésimas de segundo. Sei que parece um deja vu do passado fim de semana, mas Quartararo tornou-se no rey das pole positions em Jerez de la Frontera.

Viñales, por outro lado, mostrou-se mais consistente ao longo dos treinos livres e não pode, de todo, ser descartado como possível vencedor na corrida de amanhã. Aliás, acredito mesmo que se não voltar a errar na escolha dos pneus, a vitória não lhe escapará. Já que na semana passada ficou a um passo do lugar mais alto do pódio.

Anúncio Publicitário

E o Miguel Oliveira?, perguntam vocês. Pois é! O piloto português sacou a primeira posição na Q1, o que lhe deu o passaporte para a Q2 onde brilhou e alcançou a quinta posição na grelha de partida. Com este resultado, o falcão de Almada consegue o melhor resultado de sempre em qualificação. E deixa-nos com um nervoso miudinho para a prova de domingo.

Arrisco-me a dizer que já garantiu um lugar no Top 10 e que o Top5 não é, de todo, uma possibilidade descabida.

Quem parece ter renascido, e reforço o parece desta frase, é Valentino Rossi que sairá do primeiro lugar da segunda linha na grelha de partida. Resta saber se a sua M1 está de novo viva ou voltará a ter problemas técnicos, como no passado fim de semana.

A verdade é que também no mundo das duas rodas, 2020 está a fazer das suas e a trazer-nos novos protagonistas. O espetáculo só agradece.

Foto de capa: Moto GP