Anterior1 de 3

A CORRIDA: FABIO QUARTARARO VOLTOU A VENCER E REFORÇA A LIDERANÇA DO CAMPEONATO

O mundial de motociclismo voltou ao circuito de Assen, nos Países Baixos, depois da ausência do ano passado devido à COVID-19. As Yamaha estavam na primeira linha de partida, comandada por Maverick Viñales que depois do pesadelo da última corrida, estava a viver um sonho.

Mas ainda assim, o piloto espanhol continua descontente com a sua equipa e moto. Tanto Viñales, como Quartararo pareciam aptos para liderarem a prova deste o primeiro minuto, mas a verdade é que essa faceta coube a Pecco Bagnaia que teve um arranque perfeito e liderou durante várias voltas.

Mas lá atrás vinha um Fabio Quartararo decidido a conquistar a quarta vitória da temporada.

Depois de ultrapassar o piloto da Ducati, o francês da Yamaha impôs mais de três segundos de vantagem e Bagnaia parecia não ter ritmo para acompanhar a M1 de Quartararo. Lá atrás, víamos uma luta intensa pelo pódio entre Nakagami, Viñales, Zarco e Mir, enquanto Miguel Oliveira corria atrás do prejuízo depois de ter perdido várias posições no arranque.

Anúncio Publicitário

Bagnaia tentava alcançar Quartararo, e acabou por ultrapassar os limites de pista e já sabemos no que isso resulta: uma long lap penalty que o afastou dos lugares do pódio. E quem beneficiou com isso foi Maverick Viñales que se estabeleceu no segundo lugar – o paraíso depois do pesadelo na corrida no GP da Alemanha.

Se as duas primeiras posições pareciam estar entregues, a luta pelo último lugar do pódio foi das mais interessantes deste grande prémio, onde Joan Mir levou a melhor sobre Zarco e Miguel Oliveira. O atual campeão do mundo não subia ao pódio deste Mugello, e teve uma recuperação fantástica: de décimo para terceiro.

Já o português Miguel Oliveira voltou a terminar no top 5, o que lhe valeu mais uns pontos para a classificação geral do mundial de motociclismo onde ocupa a sétima posição a apenas dez pontos de Maverick Viñales.

Foto de capa: MotoGP

Anterior1 de 3

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comente!
Por favor introduz o teu nome