Cabeçalho modalidadesO “Kentucky Kid” faleceu hoje aos 35 anos de idade.

Sofreu um acidente, ao ser atropelado em Rimini, a norte de Itália, quando andava de bicicleta, por um automóvel que o deixou com um prognóstico bastante reservado. Tínhamos apenas informações de que os danos cerebrais eram bastante graves e, cinco dias volvidos, não sobreviveu.

O último campeão americano de Moto GP estava atualmente no Campeonato de Superbikes aos comandos de uma Honda, mas foi em 2006 que chegou ao ponto mais alto da sua carreira.

Chegou ao Moto GP em 2003, para a Honda, ao lado de Valentino Rossi, com o estatuto de menino-prodígio, mas no primeiro ano não consegue melhor que acabar em 5.º lugar na classificação geral, efetuando apenas dois pódios. Em 2004, volta a não conseguir fazer a diferença e acaba o campeonato em 7.º lugar na geral, sendo também o ano em que o seu rival e amigo abandona a Honda.

No ano seguinte, consegue melhorar bastante, consegue a sua primeira vitória no Moto GP e acaba o campeonato em 3.º lugar.

A única vez que usou um número diferente do 69 Fonte: Nicky Hayden
A única vez que usou um número diferente do 69
Fonte: Nicky Hayden

Deu-lhe certamente mais confiança perceber que Valentino Rossi não era imbatível e, no ano seguinte, consegue ser campeão num campeonato fantástico e dos mais emocionantes de que tenho memória. Para além de ter tido a oportunidade de ver ao vivo o Grande Prémio do Estoril, em que Toni Elias vence por milésimas de segundos e Hayden se envolve num despiste com o companheiro de equipa, Dani Pedrosa, vi Valentino Rossi chegar à última corrida com oito pontos de vantagem sobre Nicky Hayden, e vi-o ter uma queda que fez com que o “Kentucky Kid”, sem necessitar de vencer muito, mas sim por ser muito consistente, fosse o novo campeão do mundo.

Penso que dentro do mundo das motos se perde mais uma boa pessoa. Os tweets mais recentes dos pilotos atuais assim o revelam.

Prémio recebido pel Fonte: Moto GP
MotoGP™ Legend recebido por Nicky Hayden
Fonte: Moto GP

Pode não ter sido o piloto mais rápido, ou até mesmo o que mais arriscava, mas penso que se divertia bastante quando estava em cima de uma moto e, talvez por ser respeitado por todos, por ser uma pessoa bastante acessível e animada, entrou para o Quadro de Honra do Campeonato do Mundo como 22.ª MotoGP™ Legend em 2015.

Os heróis vivem para sempre e acredito que este rapaz seja o herói de muita gente que gosta de motociclismo. Junta todos os que aí estão em cima e faz uma bela corrida. Já sabemos que provavelmente não vais ganhar, mas vais-te divertir ao máximo. #RideOnKentuckyKid

Foto de Capa: Nicky Hayden

Comentários