Anterior1 de 3

A CORRIDA: JORGE MARTIN PARECIA TER ASAS NO RED BULL RING

Mais um Grande Prémio da categoria rainha do motociclismo no traiçoeiro circuito do Red Bull Ring na Estíria, Áustria.

Sendo este o circuito mais rápido de todo o calendário ao nível de velocidade média e num dia em que Dani Pedrosa regressou da reforma para substituir o lesionado Franco Morbidelli neste e nos próximos dois Grandes Prémios, a corrida não podia ter tido um arranque mais frenético com os pilotos a correrem todos muito perto uns dos outros.

Após a primeira passagem pela meta os três primeiros eram Bagnaia, Jorge Martin e Marc Marquez sendo que Miguel Oliveira, anterior vencedor deste GP passou na 15.ª posição.

Não deu tempo para mais já que na saída da curva 3, Dani Pedrosa caiu e viu a sua KTM ser abalroada pela mota de Lorenzo Savadori, que por precaução teve de sair de maca e fez com que a Direção da Corrida exibisse a Red Flag, sinalética utilizada sempre que uma corrida necessita de ser interrompida.

Anúncio Publicitário

Foi dada a indicação que a corrida na Estíria iria recomeçar, desta feita com 27 voltas e com os pilotos a assumirem novamente as posições da qualificação.

A volta mais rápida do recomeço pertenceu a Joahnn Zarco, sendo que Aleix Espargaró teve de abandonar a corrida devido a um problema técnico com a sua mota enquanto o líder do campeonato Fábio Quartararo, ia protagonizando uma luta intensa com o piloto espanhol Joan Mir.

Miguel Oliveira foi ao Pit Lane a faltarem 13 voltas do término da corrida e abandonou a corrida devido a problemas mecânicos.

Com o decorrer da prova na Estíria aconteceu uma nova queda, desta vez de Jack Miller, na curva 7, numa tentativa de se aproximar de Fabio Quartararo.

Até ao término da corrida Joan Mir deu o seu máximo para tentar apanhar e ultrapassar Jorge Martin, contudo, foi cometendo pequenos erros nas suas trajetórias o que impossibilitaram que conseguisse o primeiro lugar, lugar este que pertenceu ao rookie e piloto espanhol da Ducati.

Depois de concluída a corrida na Estíria, Francesco Bagnaia foi ainda alvo de uma penalização de três segundos na sua classificação final.

Texto da autoria de Henrique Gil
Foto de capa: MotoGP

Anterior1 de 3

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comente!
Por favor introduz o teu nome