Anterior1 de 2Próximo

Ainda estamos a meio da temporada e Marc Márquez já é o grande favorito a voltar a vencer o campeonato de MotoGP. Vários pilotos já subiram ao topo do pódio, mas a consistência continua a ser o grande trunfo do espanhol.

Até ao momento, o piloto da Honda teve apenas uma corrida na qual não pontuou devido a uma queda. Tirando a prova no Circuito das Américas, Márquez esteve sempre no pódio. Tem três segundos lugares e cinco vitórias em apenas nove corridas. Com uma performance que dificilmente poderia ter sido mais consistente, o trabalho dos outros pilotos torna-se muito mais complicado. Até ao momento só Andrea Dovizioso, Alex Rins, Maverick Viñales e Danilo Petrucci conseguiram impedir Márquez de chegar à vitória.

No entanto, com cada um deles a vencer apenas uma vez, os pontos arrecadados não foram, de todo, suficientes para se aproximarem de Márquez. O espanhol partiu para a pausa de verão com uma impressionante vantagem de 58 pontos para Dovizioso. O italiano arrancou a temporada com uma vitória logo na primeira corrida. Porém, os outros três pódios que conseguiu não o aproximaram de Marc Márquez. Será, certamente, interessante ver como se irá desenrolar o campeonato e se o italiano consegue recuperar alguns pontos. Mesmo que o faça, será complicado alcançar o espanhol que está, uma vez mais, imparável.

Enquanto Dovizioso tem deixado um pouco a desejar, o seu colega de equipa não para de surpreender. Um dos grandes destaques desta primeira metade da temporada é, sem dúvida, Danilo Petrucci. O italiano tem aproveitado ao máximo este primeiro ano na equipa de fábrica e fez jus à grande oportunidade que lhe foi dada. Não ficou sem pontuar em nenhuma corrida e terminou sempre dentro do top 6. Conseguiu fazer três pódios consecutivos, incluindo a sua primeira vitória, no Grande Prémio de Itália. Com tudo isto, o italiano está com apenas menos seis pontos que Dovizioso. Será também interessante ver que terminará o campeonato melhor classificado.

Danilo Petrucci continua a surpreender e está prestes a ultrapassar o colega de equipa, Andrea Dovizioso, na classificação geral
Fonte: MotoGP
Quanto à Yamaha, Maverick Viñales parece ter encontrado, finalmente, o seu caminho depois de ter conseguido subir ao pódio nas últimas duas corridas. Em Assen, conseguiu a tão esperada vitória, mas está ainda longe de poder lutar com Marquez pelo campeonato. Valentino Rossi arrancou muito bem a temporada, com dois pódios em três corridas. No entanto, a partir daí, o caminho foi sempre para baixo. Resultados que não lhe permitiam seguir diretamente para a Q2, qualificações que deixavam muito a desejar e três corridas consecutivas sem pontuar, nas últimas quatro. Todos estes problemas levaram a que Rossi descesse ao sexto lugar do campeonato, atrás do seu colega de equipa.
Anterior1 de 2Próximo

Comentários