Chris Jericho vence Kenny Omega, mas é surpreendido no final

Fonte: AEW

Chegava a altura do mainevent, com a reedição do combate Alpha vs Omega do ano passado. Desta vez, o vencedor teria a oportunidade de enfrentar “Hangman” Adam Page pelo AEW World Title.

Os dois começaram a trocar strikes, o que resultou na vantagem inicial para Jericho. Omega teria de usar a sua agilidade para vencer, e fê-lo ao aplicar um moonsault.

Jericho decidiu ir buscar uma mesa, mas o tiro saiu-lhe pela culatra, uma vez que Omega aplicou um voo incrível para cima de ambos, seguido do duoblestomp.

Depois começou o festival de V-Triggers, com o primeiro a ser aplicado no canto, deixando Jericho em sérias dificuldades. No entanto este recuperou ao aplicar dois lionsaults.

Anúncio Publicitário

Quando Omega tentou ganhar algum ritmo, sofreu um back-body-drop para fora do ringue, através de uma mesa. Era a vez de Jericho controlar o combate, e quase o venceu após um Codebreaker.

Ainda assim, Omega voltou a controlar o combate com uma série de V-Triggers e um snapmaresuplex, mas foi surpreendido quando Y2J aplicou o Wall of Jericho.

Após escapar da submissão, Omega quase conseguiu aplicar o One Winged Angel, mas Jericho impediu-o, aplicou o segundo Codebreaker, seguido do Judas Effect, e venceu o combate.

Foi um excelente mainevent e o melhor combate para terminar o evento. No entanto, ainda faltava uma surpresa.

Nota do combate: 8,5/10